sicnot

Perfil

Desporto

Isinbayeva descarta competir sob a bandeira olímpica no Rio 2016

Yelena Isinbayeva, recordista mundial do salto com vara, descartou hoje a possibilidade de competir sob a bandeira olímpica nos Jogos Rio2016, depois de a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) ter mantido a suspensão da federação russa.

© Sergei Karpukhin / Reuters

"Não irei, seguramente, sob a bandeira do Comité Olímpico Internacional. Em primeiro lugar, porque sou russa e tenho um país e uma bandeira. Em segundo lugar, o presidente do COI Thomas Bach já disse há algum tempo que competir sob a bandeira do COI é improvável, já o nosso país não boicota os Jogos, nem está em guerra", afirmou.

A dupla campeã olímpica (Atenas2004 e Pequim2008) e medalha de bronze em Londres2012 disse ainda que há outras circunstâncias importantes para si e que a impediriam de competir sob a bandeira olímpica.

A russa saltou hoje 4,50 metros nos Campeonatos da Rússia de atletismo, uma marca que lhe garantiria a presença no Rio2016, naquele que foi o seu primeiro salto oficial desde que decidiu ser mãe a seguir ao triunfo nos Mundiais de Moscovo, em 2013.

"Hoje foi o meu primeiro salto oficial depois da baixa de maternidade. O meu salto demonstrou que estou realmente preparada para ganhar a terceira medalha olímpica de ouro, mas devido a algumas pessoas certamente não poderei fazê-lo", referiu.

Este poderá mesmo ter sido o último salto da carreira de Isibayeva, caso o COI decide na terça-feira não abrir exceção para os atletas russos sem suspeitas de uso de doping.

"Pode ser que o meu final de carreira e o veredicto do COI sejam no mesmo dia", disse a russa.

O COI terá na segunda-feira um encontro para estudar "a situação dos países cuja agência nacional tenha sido declarada incumpridora" pela Agência Mundial Antidopagem (AMA).

Na sexta-feira, a IAAF decidiu manter a suspensão da federação russa, devido a vários escândalos de dopagem, alegadamente apoiados pelo estado, decisão que deixa fora dos Jogos os atletas daquele país.

Lusa

  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Divulgado vídeo dos bambardeamentos contra o Daesh no Iraque
    0:42
  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.