sicnot

Perfil

Desporto

FC Porto apresenta-se aos adeptos a 6 de agosto em jogo contra o Villarreal

O FC Porto, que inicia a pré-época na terça-feira, apresentará o seu plantel para a I Liga de futebol a 06 de agosto, no Estádio do Dragão, num 'amigável' com os espanhóis do Villarreal, após passagem pela Alemanha e Holanda.

JOS\303\211 SENA GOUL\303\203O

Segundo nota dos portistas na sua página oficial na internet, a preparação para temporada 2016/17 tem já um calendário definido, que inclui seis jogos de caráter particular, entre 17 de julho e 06 de agosto, dia da apresentação oficial, no Estádio do Dragão.

O plantel, que será dirigido por Nuno Espírito Santo, apresentar-se-á ao trabalho na terça-feira, no centro de treinos do Olival (Vila Nova de Gaia).

O estágio decorrerá entre 15 e 27 de julho, com quatro jogos programados: primeiro na Alemanha, a 17, frente a um adversário ainda por designar, e a 27, contra o Bayer Leverkusen, e depois na Holanda, onde os 'dragões' participarão num torneio organizado pela Eredivisie (campeonato holandês), que decorre de 21 a 23, em Arnhem, no Estádio Gelredome, em que o FC Porto defrontará o PSV Eindhoven e o Vitesse.

O regresso a Portugal está marcado para 27 de julho e, quatro dias depois, os 'azuis e brancos' disputam o Troféu Cidade de Guimarães, frente ao Vitória local, no Estádio D. Afonso Henriques.

O último jogo do calendário de pré-época, a 06 de agosto, será com os espanhóis do Villarreal, adversário que o FC Porto superou nas meias-finais da edição de 2010/11 da Liga Europa, no caminho para Dublin.

Lusa

  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.