sicnot

Perfil

Desporto

Volta a França terá câmaras térmicas para detetar motores

Câmaras térmicas vão ser utilizadas na Volta a França em bicicleta para combater a fraude tecnológica, anunciou hoje o secretário de Estado francês do Desporto, Thierry Braillard.

© Stefano Rellandini / Reuters

Essas câmaras térmicas permitem detetar motores instalados nas bicicletas e foram desenvolvidas pela Comissão de Energia Atómica, a pedido do Governo francês.

"É muito importante detetar a batota", disse o presidente da União Ciclista Internacional (UCI), Brian Cookson, presente em Paris juntamente com Braillard, com o ministro francês da Investigação do Ensino Superior, Thierry Mandon, e com o diretor do Tour, Christian Prudhomme.

Esta tecnologia foi utilizada de forma experimental nos campeonatos de França, no fim de semana, revelou o presidente da Federação Francesa de Ciclismo, David Lappartient. "Os testes foram conclusivos. Até um motor desligado poderia ter sido detetado", acrescentou.

O tipo de câmara a utilizar entre 2 e 24 de julho na Volta a França poderá ser operado a partir de uma mota ou na beira da estrada e o seu uso será feito em complementaridade com o método de ressonância magnética, já utilizado nas partidas e nas chegadas.

Braillard sublinhou que o Governo francês está a preparar legislação para tornar a fraude tecnológica ofensa criminal.

O primeiro caso comprovado de utilização de um motor foi detetado em janeiro na bicicleta da belga Femke Van den Driessche nos Mundiais de ciclocrosse. A ciclista, de 19 anos, foi suspensa por seis anos e multada em 20.000 francos suíços (cerca de 18.800 euros).

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.