sicnot

Perfil

Desporto

Putin endurece punições por corrupção no desporto

O Presidente russo, Vladimir Putin, promulgou hoje uma lei que endurece as punições por corrupção no desporto para alterar os resultados das competições, incluindo subornos, depois de vários escândalos de dopagem.

© RIA Novosti / Reuters

Os subornos superiores a um milhão de rublos (cerca de 15.600 dólares) vão ser castigados, a partir de agora, com penas de prisão de oito a 15 anos. O suborno em competições vai ser castigado com penas de prisão até cinco anos.

As autoridades russas abriram um processo criminal por abuso de poder contra funcionários que dirigiram, entre 2009 e 2013, a Federação Russa de Atletismo (FRA), suspendida por escândalos de dopagem pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF).

O Presidente da FRA entre 2009 e 2013 era Valetín Balájnichev - à época tesoureiro da IAAF -- e foi acusado juntamente com outros altos funcionários de aceitar subornos para encobrir o atletismo russo.

A IAAF suspendeu a FRA depois de uma comissão independente da Agência Mundial Antidopagem (AMA) ter recomendado em novembro de 2015 excluir a Federação Russa de todas as competições internacionais, incluindo os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

A primeira entidade a acusar a Rússia de dopagem foi o canal de televisão pública alemão ARD que, num documentário emitido em 2014, expôs um obscuro sistema de dopagem encoberto pelo estado russo.

Uma comissão independente da AMA confirmou que a Rússia não cumpria com os protocolos estabelecidos pelo código mundial de antidopagem e que o governo de Moscovo faz parte de um enredo de corrupção e de encobrimento para que atletas de elite russos utilizem substâncias ilícitas proibidas em competências internacionais.

Lusa

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • "O FC Porto não merece ser campeão"
    2:23
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    O empate do FC Porto com o Feirense foi o principal assunto do Play-Off da SIC Notícias, este domingo. Rodolfo Reis mostrou-se insatisfeito com a atitude dos jogadores do FC Porto.

  • Défice recua em 2016 na zona euro e na UE

    Economia

    O défice e a dívida baixaram na zona euro e na União Europeia (UE) em 2016 face a 2015, tendo Portugal registado a terceira maior dívida (130,4%) entre os Estados-membros e um défice de 2%, segundo o Eurostat.

  • Incêndio na Amadora deixa 12 pessoas desalojadas
    1:59

    País

    Um incêndio destruiu este domingo a cobertura de um prédio de habitação na Buraca, no concelho da Amadora. Doze pessoas ficaram desalojadas, mas ninguém ficou ferido. Os bombeiros dominaram o fogo em cerca de uma hora, os moradores queixam-se da falta de eficácia no combate às chamas.

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa