sicnot

Perfil

Desporto

Slimani de regresso ao trabalho na equipa do Sporting

O futebolista do Sporting Islam Slimani chegou hoje a Lisboa e já treinou com a equipa na Academia em Alcochete, afirmando que pretende conquistar o título e chegar "o mais longe possível" na Liga dos Campeões.

HUGO DELGADO

O internacional argelino chegou mais tarde do que o previsto aos trabalhos da equipa de futebol do Sporting, explicando que na origem do atraso estiveram problemas familiares.

"Cheguei um pouco mais tarde, porque tive problemas familiares para resolver e estamos também em período de Ramadão. Sinto-me muito bem, tive um bom período de férias e estava muito ansioso para regressar ao trabalho. Claro que tinha saudades dos treinos e não só, dos meus companheiros, equipas técnica e médica", disse, segundo o sítio oficial do clube.

O avançado, que na época passada foi titular indiscutível e o melhor marcador da equipa orientada por Jorge Jesus, chegou hoje a Lisboa, mas já esteve presente no treino da tarde, que decorreu na Academia em Alcochete.

"O nosso objetivo é ser campeões. Na Liga dos Campeões queremos chegar o mais longe possível. Vi com atenção os reforços que vieram para esta época, mas claro que cabe ao treinador fazer as respetivas opções. Independentemente disso, só espero que sejam mais-valias para o grupo", afirmou.

O avançado, que na época passada apontou 31 golos ao serviço dos 'leões', 27 dos quais no campeonato, espera conseguir marcar mais golos na nova época.

"Espero bater o meu recorde pessoal de golos. Se continuar a fazer bem o meu trabalho, não será difícil que isso aconteça e com o apoio dos adeptos é melhor ainda. É para eles que jogamos, é por eles que ganhamos, estão sempre connosco e espero que também isso não mude", concluiu.

Lusa

  • Celebridades protestam contra Donald Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Encontrados dez sobreviventes no hotel engolido por um avalanche em Itália
    1:44
  • Videoclipe mostra mulheres a fazer tudo o que é proibido na Arábia Saudita
    1:55

    Mundo

    Um grupo de mulheres canta, dança e faz outras coisas proibidas na Arábia Saudita como forma de protesto. O vídeo é uma crítica social à forma como as mulheres islâmicas são tratadas pelos maridos. Na letra constam frases como "Faz com que os homens desapareçam da terra" e "Eles provocam-nos doenças psicológicas". A ideia partiu de um homem, Majed al-Esa e já conta com 5 milhões de visualizações.

    Patrícia Almeida