sicnot

Perfil

Desporto

Empresa de Braga cria plataforma para encontrar novo Messi e Ronaldo

A plataforma Talent Spy, criada por uma empresa de Braga, servirá para ajudar os clubes de futebol a encontrar novos talentos que possam andar perdidos pelo mundo.

© Albert Gea / Reuters

A F3M, uma empresa tecnológica sediada em Braga, constituída por ex-alunos da Universidade do Minho, criou uma plataforma para ajudar os clubes de futebol a encontrar os futuros Messi e Ronaldo, que poderão estar, segundo a empresa, em qualquer parte do mundo.

Em comunicado, a Universidade do Minho acrescenta que a plataforma Talent Spy contém informações de 100 mil jogadores e 6 mil equipas, ligados a 250 competições de 50 países como o Qatar, a Argentina, os Estados Unidos, a China, o Brasil e a África do Sul.

O comunicado sublinha que se trata do "melhor software de gestão" do mundo para descobrir futuros craques de futebol.

O Talent Spy nasceu em 2013, numa altura em que a F3M decidiu apostar em áreas facilmente exportáveis como a saúde, o turismo e o desporto.

"O projeto surgiu, numa primeira fase, para colmatar as necessidades de clubes e agências sem estruturas de observação, auxiliando-os na procura de novos Cristianos Ronaldos ou Messis", afirmou à Lusa Pedro Vital, um dos mentores da plataforma.

Com esta nova tecnologia, os scouts conseguem saber "quase tudo" sobre um jogador a residir em qualquer ponto do planeta. Têm acesso a informações como o perfil, o historial clínico, a condição psicossociológica, a situação contratual até a performance num determinado jogo ou treino.

"Este é o primeiro software que junta dados estatísticos e informação qualitativa produzida em exclusivo por especialistas de várias áreas espalhados pelos vários continentes", sublinha o comunicado da Universidade do Minho.

Entre os principais clientes da plataforma, estão os clubes que lançaram os dois melhores jogadores do mundo da atualidade, o Sporting (Cristiano Ronaldo) e o Newell's Old Boys (Leonel Messi), bem como a maior rede televisiva africana, a SuperSport, que integra 240 canais temáticos.

A longo prazo, o projeto quer alargar-se a outras modalidades, conquistando novos mercados, bem como apostar num "Facebook do futebol", uma espécie de "market place", a partir do qual será possível comunicar diretamente com os agentes.

Em Portugal, apenas os três grandes e o Sporting de Braga dispõem de equipas internas de scouting.

Com Lusa

  • Ronaldo agradece apoio e promete dar o melhor na meia-final
    0:36

    Euro 2016

    O capitão da seleção nacional, Cristiano Ronaldo, agradeceu hoje aos adeptos presentes nas imediações do Centro Nacional de Râguebi francês, em Marcoussis, prometendo empenho na meia-final do Euro2016, frente ao País de Gales. "Viemos agradecer o vosso apoio até agora. Ainda não ganhámos nada, mas vamos dar o nosso melhor na meia-final. Ficamos muito orgulhosos do vosso apoio. Obrigado", afirmou Cristiano Ronaldo, à porta do quartel-general da seleção lusa.

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John Mccain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06
  • Menos casos de sida em Portugal
    1:44