sicnot

Perfil

Desporto

Patricia Mamona e Susana Costa são esperanças no Europeu de atletismo

​Patrícia Mamona e Susana Costa, ambas a competir no triplo salto, são hoje as principais esperanças portuguesas para um bom resultado nos Campeonatos da Europa de atletismo, em Amesterdão.

Patrícia Mamona nos Jogos da Lusofonia, em julho de 2009.

Patrícia Mamona nos Jogos da Lusofonia, em julho de 2009.

Armando Franca/ Lusa

As atletas têm estado, esta época, regulares acima dos 14 metros, patamar que se deverá ultrapassar nas qualificações para aceder à final de domingo à tarde.

Patrícia Mamona têm excelentes recordações dos Europeus, já que foi nessa competição, em 2012, que fixou o recorde nacional. Susana Costa não lhe fica atrás, com registos de mais de 14,30 metros em 2015 e este ano.

Mais quatro portugueses estarão em ação, mas nas corridas. Vera Barbosa nas eliminatórias dos 400 metros barreiras, Marta Pen nos 1.500 metros, David Lima nas meias-finais dos 200 metros e Lorène Bazolo nas meias-finais dos 100 metros.

Pelas 13:15, Vera Barbosa, recordista nacional já com os mínimos olímpicos feitos, apresenta-se com a melhor marca da primeira série, o que deixa antever uma passagem não complicada para as meias-finais.

Marta Pen, que entra em cena às 17:15, quererá confirmar a espetacular progressão desta época, desde que foi fazer a preparação para os Estados Unidos, onde aliás ganhou os campeonatos universitários.

Os recentes 4.06,54 feitos no meeting de Barcelona colocam-na aqui como a segunda mais rápida da sua série, apontando com alguma naturalidade também para a final.

Depois de boas corridas nas séries, tanto David Lima como Lorène Bazolo terão de se superar para avançar para as finais.

David Lima entra em cena às 17:58 e correrá na pista ao lado do novo campeão europeu dos 100 metros, o holandês Churandy Martina. Há vários adversários mais rápidos que Lima, que só melhorando a sua marca de 20,62 poderá ter chances de chegar mais longe.

Congolesa de nascimento e naturalizada portuguesa há poucos meses, Loréne Bazolo já melhorou o recorde luso do hectómetro para 11,21 segundos, marca de boa valia a nível europeu.

Tem a quarta marca da sua semi-final (18:24), décima entre as 24 atletas desta fase, pelo que a passagem à final é difícil, mas não está fora de questão.

Com Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Desporto

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornla Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Desporto

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.