sicnot

Perfil

Desporto

Halterofilista ucraniana desqualificada e perde o bronze conquistado em 2012

O Comité Olímpico Internacional (COI) desqualificou hoje a halterofilista ucraniana Yulia Kalina dos Jogos de Londres2012, retirando-lhe a medalha de bronze então conquistada, por ter acusado o uso de doping.

© Stefano Rellandini / Reuters

A atleta, que concorreu na categoria de -58 quilos, acusou turinabol, um derivado da testosterona, comprovado pelas análises efetuadas durante a sua participação no certame londrino.

"Karina deverá devolver a medalha de bronze, o diploma e o pin que lhe foram entregues", refere um comunicado do COI, que solicitou ainda à Federação Internacional de Halterofilismo que "modifique os resultados da competição".

Assim, o terceiro lugar e respetiva medalha de bronze serão atribuídos à tailandesa Rattikan Gulnoi, que acumulou um total olímpico de 254 quilos, menos um do que a ucraniana.

O mesmo comunicado refere que o resultado positivo de Kalina foi descoberto graças às análises recolhidas em Pequim2008 e Londres2012, com recurso às novas ferramentas de análise e investigação, que hoje permitem detetar substâncias proibidas que passaram despercebidas.

Lusa

  • Médicos e ministro da Saúde voltam hoje às negociações

    País

    O Ministério da Saúde deverá apresentar uma proposta que poderá ser decisiva para a convocação ou não de uma nova greve. O Sindicato Independente dos Médicos e a Federação Nacional de Médicos tinham anunciado, no dia 11 de agosto, que vão realizar uma greve de dois dias na primeira semana de outubro, se a nova proposta negocial não levar em conta o que reivindicam.

  • PJ de Portimão deteve italiano foragido
    0:55

    País

    A Polícia Judiciária de Portimão deteve em Lagos um homem italiano que aguardava extradição. O antigo piloto de automóveis esteve foragido durante quase um ano, depois de ter cortado a pulseira eletrónica.