sicnot

Perfil

Desporto

França informa Brasil que plano de atentado contra os seus atletas é falso

A França desmentiu a existência de um projeto de alegado atentado contra atletas franceses durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que seria levado a cabo por um brasileiro com ligação aogrupo radical Daesh, afirmou na terça-feira o governo brasileiro.

© Sergio Moraes / Reuters

"O governo francês disse ao Brasil que a informação segundo a qual um brasileiro alegadamente ligado ao Daesh estaria a planear um atentado contra a delegação francesa durante os Jogos Olímpicos 2016 no Rio é falsa", declarou a presidência brasileira em comunicado.

Os planos do alegado atentado foram revelados pelo general Christophe Gomart, chefe da direção de inteligência militar (DRM) em maio, junto de uma comissão parlamentar que investiga os ataques do último ano em Paris, dos quais resultaram 147 mortos.

No relatório Gomart, conhecido na semana passada, disse junto da comissão ter sido informado da situação - que foi planeada por um cidadão brasileiro - pelos parceiros de cooperação, sem que mais nenhum detalhe fosse dado pelas autoridades francesas.

Entretanto, o gabinete de segurança brasileiro, responsável pelos serviços de informação no país, disse à agência AFP não ter recebido qualquer informação da parte dos franceses.

"A análise das pesquisas realizadas levou à conclusão de que a informação é falsa, razão pela qual o Diretor de Inteligência Militar de França não a transmitiuao Ministério da Defesa brasileiro naquela ocasião", refere a nota recebida na terça-feira pelo presidente da República em exercício, Michel Temer, segundo o portal de notícias brasileiro G1.

No início de julho o ministro da Justiça do Brasil, Alexandre Moraes, salientou que um ataque terrorista no Rio de Janeiro durante os Jogos Olímpicos era uma "possibilidade", mas "não uma probabilidade".

Para os Jogos estão previstos 85.000 agentes de segurança, dos quais 47.000 polícias e 38.000 militares, de modo a assegurarem a segurança de 10.500 atletas, bem como de oficiais, jornalistas e turistas, na competição que decorrerá de 05 a 21 de agosto.

Com Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.