sicnot

Perfil

Desporto

Alemanha pede exclusão da Rússia em 20 modalidades

© Sergio Moraes / Reuters

O presidente do Comité Olímpico Alemão (DOSB) pediu a exculsão dos atletas russos dos Jogos Olímpicos Rio 2016 nas 20 modalidades mencionadas no relatório McLaren, que demonstrou a existência de um sistema de doping apoiado pelo governo desde 2011.

"Eu excluiria as 20 modalidades, aquelas em que foi possível demonstrar uma dopagem sistemática", disse o presidente do DOSB, numa entrevista publicada hoje pelo jornal Bild.

O relatório McLaren, tornado público na segunda-feira demonstrou a existência de um sistema de dopagem sistemático organizado pelo Estado russo, com o apoio ativo dos serviços secretos, de 2011 a 2015, em 30 desportos, dos quais 20 são disciplinas inscritas nos Jogos Olímpicos de Verão.

De acordo com o presidente do DOSB, é mais complicado justificar a exclusão de modalidades que não tenham sido mencionadas no relatório pedido pela Agência Mundial Antidopagem (AMA).

O relatório, da autoria do professor de direito Richard McLaren, Vitali Mutko e o seu adjunto, Iouri Nagornykh, o Estado russo foi responsável por um esquema de doping organizado no desporto russo, desde 2011 e que abrange 30 modalidades.

O relatório, pedido pela Agência Mundial Antidopagem (AMA), diz que o Governo russo dirigiu um programa de dopagem com apoio estatal, com participação ativa do ministro do Desporto e dos serviços secretos.

McLaren refere que o programa "à prova de falhas" foi colocado em prática pelos responsáveis russos, inclusivamente durante os Jogos Olímpicos de Inverno Sochi2014.

O COI adiou uma decisão sobre a presença da Rússia no Rio2016, mas na terça-feira vetou a presença do ministro do Desporto da Rússia, Vitali Mutko, nos Jogos Olímpicos deste ano.

De acordo com o documento, Vitaly Mutko teve "participação ativa" nesse sistema, que teve a assistência dos serviços secretos nos laboratórios antidopagem de Moscovo e Sochi.

Lusa

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC