sicnot

Perfil

Desporto

Tondela recebe Benfica para o primeiro jogo do campeonato

O Tondela vai receber o Benfica no seu estádio, em partida da primeira jornada da I Liga, depois do parecer positivo da comissão técnica da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) relativamente à sua lotação.

Steven Governo

Em declarações à agência Lusa, o diretor de comunicação do Tondela, Vítor Ramos, confirmou que a comissão técnica de vistoria da Liga de futebol esteve na passada sexta-feira no Estádio João Cardoso, para avaliar as obras em curso.

"A comissão técnica de vistoria da Liga deu hoje o seu parecer positivo, no que diz respeito à lotação para cinco mil pessoas. Em causa estavam alguns setores da bancada nascente e parte da bancada central sul, que agora passam a estar disponíveis", informou.

A subida do Tondela ao escalão maior do futebol português, em 2015/2016, levou a que o Estádio João Cardoso tenha sido alvo de obras de ampliação e remodelação, desde julho de 2015, no valor de cerca de dois milhões de euros.

Com o parecer positivo da Liga relativamente à lotação do Estádio João Cardoso, o clube auriverde oficializou a receção ao Benfica no estádio da sua cidade, ao contrário do que aconteceu na época passada, em que recebeu os três grandes em casa emprestada, no Estádio Municipal de Aveiro.

"Em termos de funcionalidade, o estádio está todo pronto, faltando pequenos acabamentos, relativamente a interiores e coisas menores, para além do embelezamento dos exteriores", esclareceu ainda Vítor Ramos.

A partida de estreia do clube beirão na época 2016-2017, frente ao campeão nacional, está agendada para as 20:30 de 13 de agosto.

"Este promete ser um dos maiores eventos desportivos alguma vez realizado na região e tem suscitado um interesse ímpar no que à bilheteira diz respeito", alega o Tondela no seu site oficial.

A venda de bilhetes para a partida de receção ao Benfica será feita em duas fases, sendo os sócios e portadores de lugar de camarote os primeiros a poderem comprar os respetivos ingressos, a partir de 8 de agosto. Os bilhetes para sócios terão o valor de 25 euros.

No dia seguinte, terá início a venda de bilhetes para não-sócios, limitada a cinco unidades por pessoa. Os bilhetes terão o custo de 35 e 45 euros.

Lusa

  • "Sobre este pântano, não é possível jogar futebol seriamente na próxima época"
    4:46

    Opinião

    David Borges esteve esta quinta-feira, na Edição da Noite, da SIC Notícias, onde analisou as acusações do FC Porto ao Benfica, no caso dos e-mails. O comentador da SIC disse que falta saber se "tudo é verdade" e se os documentos são verdadeiros, o que compete ao Ministério Público apurar. David Borges defendeu ainda que era "bom" que a investigação decorresse de forma rápida e profunda; e não acredita que perante a polémica, se consiga jogar "futebol seriamente", na próxima época.

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Metade dos moradores de Sandinha recusaram sair das casas
    3:14
  • Habitantes de Várzeas tentam regressar à normalidade
    2:48
  • Corpos da tragédia em Pedrógão guardados em camião de alimentos
    8:11

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Duarte Nuno Vieira, médico legista, esteve esta quinta-feira, na Edição da Noite, para comentar o que já foi feito e o que falta fazer em Pedrógão Grande, depois de ter sido atingido pelos incêndios. O presidente do Conselho Europeu de Medicina Legal defendeu que guardar os corpos das vítimas mortais num camião de alimentos foi uma "maneira de solucionar o problema da forma possível", visto que não há espaço no Instituto Nacional De Medicina Legal.

  • Trump volta a garantir que não tentou interferir na investigação do FBI
    0:17

    Mundo

    O Presidente dos EUA reitera que não tentou interferir na investigação do FBI em relação às alegadas interferências da Rússia nas eleições presidenciais. Questionado sobre as gravações das conversas que manteve com o ex-diretor da polícia de investigação, James Comey, Donald Trump prometeu esclarecimentos num futuro breve.

  • "A informação pode ter saído depois da hora do exame de Português"
    1:19

    País

    O presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais diz que é preciso aguardar pelas conclusões do relatório sobre a alegada fuga de informação do exame nacional de Português. Jorge Ascensão defende que a investigação deve causar o mínimo de impacto aos alunos que realizaram a prova.