sicnot

Perfil

Desporto

Nani tem "ganas" de fazer algo importante pelo Valência

O futebolista internacional português Nani disse esta quarta-feira, no momento em que se incorporou nos trabalhos do Valência, "ter ganas de fazer algo importante" com o novo clube e de ajudá-lo a "alcançar os objetivos" que se propôs.

Nani viajou hoje juntamente com a mais recente aquisição do Valência, Martín Montoya, para Inglaterra, onde se vai juntar à sua nova equipa para disputar dois jogos particulares, depois de ter terminado um período de gozo de férias, que se seguiu à sua participação no Euro2016, cujo título conquistou com a seleção portuguesa.

"Tenho muitas ganas de começar a trabalhar com os meus companheiros para me integrar no grupo o mais rápido possível e estar preparado para contribuir para alcançar os objetivos traçados", disse Nani, que confessou ter trabalhado durante as férias para poder começar bem e apanhar logo o ritmo de competição.

Lusa

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.