sicnot

Perfil

Desporto

Guardiola assume Bravo mas diz que contratação ainda não está fechada

​O treinador do Manchester City, o espanhol Pep Guardiola, afirmou hoje que a contratação do guarda-redes Claudio Bravo "ainda não está fechada", mas é quase certo que o futebolista chileno vai ingressar no emblema inglês.

"A contratação ainda não está fechada. Não posso negar o que disse antes sobre a sua possível contratação, mas hoje não vou responder a perguntas sobre um jogador que não faz parte do plantel", afirmou Guardiola na conferência de imprensa de antevisão do encontro com o Steaua Bucareste, da segunda mão do 'play-off' de acesso à Liga dos Campeões.

De acordo com a imprensa britânica, o internacional chileno está em Manchester, onde deverá realizar os habituais testes médicos, e a sua transferência deverá ser formalizada nas próximas horas.

Bravo, de 33 anos, passou as duas últimas temporadas no FC Barcelona, tendo sido o habitual titular da baliza dos catalães.

Com o ingresso do chileno, é quase certa a saída do inglês Joe Hart do Manchester City, que defendeu as redes dos 'citizens' nas últimas seis épocas e tem mais de 300 jogos pelo emblema.

Lusa

  • Debate quinzenal com o primeiro-ministro

    País

    A situação económica e financeira foi o tema escolhido pelo Governo, mas a polémica da descida da Taxa Social Única dominará certamente a discussão na Assembleia da República. Veja aqui em direto e participe no Minuto a Minuto Parlamento Global/SIC.

    Direto

  • MIT quer humanos a ajudar máquinas a decidir (quem morre)

    Mundo

    A "Máquina Moral" é uma plataforma online que recolhe a perspetiva humana em decisões que terão de ser tomadas por uma máquina. Por exemplo, quando um carro sem condutor se depara com o dilema do mal menor: em quem acertar - para evitar outros - num acidente de viação.

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.