sicnot

Perfil

Desporto

FIFA acusa dois dirigentes e um treinador africanos de viciação de resultados

O Comité Ético da FIFA acusou esta quarta-feira formalmente dois dirigentes africanos e um treinador de estarem implicados numa rede asiática de jogos combinados durante o Campeonato do Mundo de 2010, que decorreu na África do Sul.

De acordo com o organismo que rege o futebol mundial, Kirsten Nematandani, presidente de federação sul-africana entre 2009 e 2013, Jonathan Musavengana, diretor da federação do Zimbabué, e Banna Tchanile, ex-selecionador do Togo, terão ajudado a viciar alguns jogos de preparação que decorreram antes do torneio.

O Comité de Ética sugeriu uma suspensão de seis anos e uma multa de 10.000 francos suíços (cerca de 9.100 euros) para Nematandani e que os restantes dois sejam banidos para sempre do futebol.

Ainda de acordo com a FIFA, os acusados serão brevemente chamados para poderem apresentar a sua defesa.

Lusa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite