sicnot

Perfil

Desporto

Ultramaratonista reencontra cadela que o seguiu durante 125 quilómetros

Após vários dias de buscas na remota região noroeste da China, o ultramaratonista Dion Leonard reencontrou a cadela "Gobi", que ficou mundialmente famosa quando seguiu este atleta australiano durante uma dura prova num deserto chinês.

"Gobi" recebeu o nome do deserto onde foi realizada a prova, o quinto maior deserto do mundo que ocupa o norte da China e o sul da Mongólia.

"Está bem e salva, com uma pata ligeiramente magoada, mas feliz por ver Dion", contaram os voluntários da campanha #BringGobiHome (Trazer Gobi para Casa, em português), criada inicialmente para o atleta levar "Gobi" para a sua residência em Edimburgo (Escócia) mas que nos últimos dias ficou inteiramente dedicada às buscas do animal, que estava desaparecido há vários dias.

Dion Leonard, de 41 anos, conheceu "Gobi" em junho passado quando o animal começou a segui-lo, sem descanso, nas primeiras etapas da Marcha do Gobi, uma ultramaratona de 250 quilómetros que atravessa zonas desérticas com temperaturas que podem superar em algumas ocasiões os 50 graus celsius.

Durante 125 quilómetros, o animal manteve-se sempre ao lado do atleta e os dois estabeleceram uma forte ligação. Durante os restantes quilómetros, Dion Leonard levou a cadela para a sua tenda e decidiu adotá-la.

Lançou depois a campanha #BringGobiHome para tentar angariar o dinheiro necessário para as despesas de vacinação e para os documentos necessários para a viagem do animal, um processo que devia demorar pelo menos quatro meses.

O atleta foi informado este mês pelas autoridades de Urumqi, capital da região chinesa de Xinjiang (noroeste, onde foi realizada a ultramaratona) que a cadela tinha desaparecido de um centro de acolhimento para animais onde tinha sido recebida para cumprir um período de quarentena.

Dion Leonard decidiu regressar à China para colocar cartazes com imagens de "Gobi" nas ruas e participar nas buscas, que se prolongaram durante uma semana.

A história de "Gobi" mobilizou a sociedade civil chinesa e foi relatada pelos 'media' internacionais.

"Estamos verdadeiramente felizes por estarmos juntos outra vez", escreveu hoje o atleta na conta da campanha #BringGobiHome na rede social Facebook, mensagem acompanhada por um vídeo que mostra a cadela "Gobi".

Lusa

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.