sicnot

Perfil

Desporto

UEFA abre quatro vagas diretas na Champions para os quatro primeiros do ranking

© Eric Gaillard / Reuters

Os quatro primeiros países do ranking da UEFA, neste momento Espanha, Inglaterra, Alemanha e Itália, vão garantir, no período 2018/2021, quatro clubes com entrada direta na fase de grupo da Liga dos Campeões de futebol, anunciou hoje o organismo.

Nos moldes atuais, Espanha, Inglaterra e Alemanha colocam os três primeiros do campeonato diretamente na fase de grupos, enquanto o quarto classificado disputa o 'play-off'.

A Itália só tem direito a duas vagas diretas, enquanto o terceiro classificado tem de passar pelo 'play-off', tal como sucede com Portugal, que contará na 'Champions' desta época com o tricampeão Benfica, Sporting, vice-campeão, e FC Porto, que superou a Roma no 'play-off'.

Para os países abaixo dos quatro primeiros do 'ranking', como Portugal, mantem-se para 2018/2021 a fórmula atual. No entanto, os mesmos passam a ter a vantagem de o terceiro classificado não se cruzar com nenhum clube do 'quarteto' do topo do 'ranking' no 'play-off'.

A UEFA acrescentou ainda que os prémios monetários "vão aumentar significativamente" para a Liga dos Campeões e Liga Europa", prevendo também remodelar os coeficientes de cálculo das pontuações para o 'ranking'.

O organismo chama a estas mudanças "uma evolução, não uma revolução", mantendo a fase de grupos com 32 clubes.

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.