sicnot

Perfil

Desporto

Jogadores do Borussia Dortmund criticam realização de jogo com "temperaturas limite"

​O médio do Borussia Dortmund Gonzalo Castro criticou hoje a Liga Alemã de Futebol (DFL) por não ter adiado a partida de sábado frente ao Mainz da 'Bundesliga', jogada ao início da tarde com "temperaturas limite".

"Não compreendo como a DFL não adiou o jogo para uma hora mais tardia. As temperaturas eram extremas [à hora do jogo]. Ficávamos completamente esgotados após cada 'sprint'", comentou o jogador do Dortmund, equipa em que alinha o português Raphael Guerreiro.

O jogo da liga alemã de futebol, que o Dortmund venceu por 2-1, foi jogado com temperaturas que rondavam os 45 graus centígrados ao nível do relvado.

"A temperatura estava extrema e brutal", reclamou, por seu turno, André Schurrle, que jogou a totalidade da partida.

A partida foi interrompida por duas vezes pelo árbitro para que os jogadores se pudessem hidratar.

Raphael Guerreiro entrou na partida aos 86 minutos para substituir o alemão Sebastian Rode.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.