sicnot

Perfil

Desporto

Slimani deixou relvado de Alvalade a chorar

O futebolista Islam Slimani, do Sporting, abandonou este domingo o relvado do Estádio José Alvalade a chorar, depois de se despedir dos adeptos no final do 'clássico' em que os 'leões' venceram o FC Porto (2-1), embora a sua saída não esteja oficializada.

O avançado argelino, que é dado pela imprensa como alvo do Leiester, campeão inglês, acenou aos adeptos 'leoninos' e não evitou as lágrimas quando recolhia aos balneários, depois de ter marcado um dos golos do triunfo que colocou o Sporting isolado no comando da I Liga.

Slimani, de 28 anos, iniciou a sua quarta época no clube lisboeta, ao qual chegou em 2013/14, fazendo então 10 golos em 30 jogos. Na temporada seguinte, apontou 15 golos em 33 encontros e teve em 2015/16 a sua época mais produtiva, com 31 golos marcados em 46 partidas, dos quais 27 na I Liga.

Lusa

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.