sicnot

Perfil

Desporto

Slimani deixou relvado de Alvalade a chorar

O futebolista Islam Slimani, do Sporting, abandonou este domingo o relvado do Estádio José Alvalade a chorar, depois de se despedir dos adeptos no final do 'clássico' em que os 'leões' venceram o FC Porto (2-1), embora a sua saída não esteja oficializada.

O avançado argelino, que é dado pela imprensa como alvo do Leiester, campeão inglês, acenou aos adeptos 'leoninos' e não evitou as lágrimas quando recolhia aos balneários, depois de ter marcado um dos golos do triunfo que colocou o Sporting isolado no comando da I Liga.

Slimani, de 28 anos, iniciou a sua quarta época no clube lisboeta, ao qual chegou em 2013/14, fazendo então 10 golos em 30 jogos. Na temporada seguinte, apontou 15 golos em 33 encontros e teve em 2015/16 a sua época mais produtiva, com 31 golos marcados em 46 partidas, dos quais 27 na I Liga.

Lusa

  • "Desisto com muita dificuldade, só abandono a liderança se houver rebelião"
    2:39

    País

    Eleito com menos de 40% dos votos, Fernando Negrão desvaloriza as críticas de alguns deputados que consideram que a nova liderança parlamentar do PSD não está legitimada. Em entrevista à SIC Notícias, disse esta quinta-feira que não há problema se houver deputados a sair porque podem sempre ser substituídos.

  • Os 36 golos dos 16 avos da Liga Europa

    Liga Europa

    A jornada europeia ficou marcada, no panorama das equipas portuguesas, pelo apuramento do Sporting e pela eliminação do Sporting de Braga. Os leões passam assim a ser o único clube luso em prova na Liga Europa. Nos oitavos de final, o emblema de Alvalade pode encontrar adversários como o Arsenal, o Atlético de Madrid ou o AC Milan. O sorteio realiza-se esta sexta-feira, ao meio-dia. Aqui, veja ou reveja todos os golos da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa.

  • Arqueólogos anunciam descoberta de selo com assinatura do profeta Isaías

    Mundo

    Arqueólogos israelitas afirmam ter descoberto a marca de um selo num pedaço de argila que exibe o que consideram ser a assinatura do profeta bíblico Isaías, a quem se atribui a autoria de um livro do Antigo Testamento e de vários excertos do Novo Testamento. O achado arqueológico agora divulgado poderá ser a primeira prova da existência do profeta Isaías até agora encontrada. A descoberta aconteceu em Jerusalém, próximo do local onde foi encontrada um outro selo com a impressão da assinatura do rei Ezequias de Judá.

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00
  • Escolas da Portela e Moscavide degradadas e com amianto
    3:00