sicnot

Perfil

Desporto

FC Porto empresta Martins Indi ao Stoke City

O Stoke City anunciou esta quarta-feira a contratação do holandês Bruno Martins Indi, que chega ao emblema da Liga inglesa de futebol por empréstimo de uma época do FC Porto, com opção de compra no final da temporada.

O defesa central de 24 anos vai atuar na Premier League, depois de ter passado as duas últimas épocas no FC Porto, tendo efetuado 71 jogos e marcados dois golos com a camisola dos dragões.

Com a chegada de Nuno Espírito Santo ao comando, Martins Indi perdeu espaço no plantel portista e vai atuar esta temporada no Stoke City, que ocupa atualmente o último lugar do campeonato, com apenas um ponto.

Formado no Feyernoord, o internacional holandês (31 jogos e dois golos pela seleção 'laranja') vai encontrar no Stoke City o médio francês Giannelli Imbula, que no ano passado passou pelos dragões.

O emblema inglês anunciou também a saída em definitivo do central alemão Philipp Wollscheid para o Wolfsburgo, em que irá ser companheiro de equipa do português Vieirinha.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.