sicnot

Perfil

Desporto

Ivan Cavaleiro troca o Mónaco pelo Wolverhampton a título definitivo

O internacional português Ivan Cavaleiro foi apresentado esta quarta-feira como reforço do Wolverhampton, do segundo escalão inglês de futebol, vindo do Mónaco a título definitivo, por um valor não revelado.

"O meu agente disse-me que o Wolverhampton tem um novo objetivo este ano - regressar à Premier League. É um bom desafio para nós, por isso é estimulante e eu quero ajudar a equipa a subir", afirmou o extremo de 22 anos, durante a conferência de imprensa de apresentação.

Cavaleiro, que tem duas internacionalizações pela seleção principal portuguesa, vai juntar-se à armada lusa e ex-Benfica do Wolves composta por Sílvio, João Teixeira e Hélder Costa, tendo este último sido instrumental para a transferência do extremo.

"O Hélder disse-me que tem desfrutado muito desde que aqui chegou. Ele diz que é um bom clube, com bons adeptos, que toda a gente o tem tratado bem, o que lhe tem dado um bom pressentimento relativamente ao clube. É muito importante para mim que jogadores como ele estejam aqui. É muito útil haver outras pessoas com quem falar português, porque também me ajudam com a linguagem daqui", explicou.

O extremo de 22 anos chega ao futebol inglês depois de passagens por Deportivo em 2014/15 e Mónaco, ao serviço do qual marcou dois golos em 17 jogos.

Numa fotografia colocada na rede social Twitter, os monegascos confirmaram a transferência a título definitivo e desejaram boa sorte ao português.

Lusa

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes

  • Comandante da Proteção Civil confiante nos meios de combate aos incêndios
    1:56

    País

    Depois das falhas apontadas ao sistema de comunicações SIRESP durante os incêndios do ano passado, o cComandante operacional da Proteção Civil diz que não há meios de comunicação infalíveis. Duarte Costa acredita que este verão será mais calmo do que anterior e contabiliza já mais de 2000 incêndios desde maio que não foram notícia.

  • Líderes europeus assinalam progressos para alcançar acordo sobre migrações
    2:02