sicnot

Perfil

Desporto

Hamilton falha no arranque, Rosberg vence em Itália e fica a apenas dois pontos

O piloto alemão Nico Rosberg aproveitou este domingo um péssimo arranque do colega da Merces Lewis Hamilton para vencer o Grande Prémio de Itália em Formula 1 e encurtar para apenas dois pontos o atraso para o britânico no Mundial.

Depois de ter garantido no sábado a 56.ª 'pole position' da carreira, feito que igualou o recorde dos lendários Juan Manuel Fangio e Ayrton Senna, Hamilton fez um péssimo arranque que, ao fim da primeira curva, o empurrou para a sexta posição.

Rosberg, de 31 anos, assumiu logo a liderança, que foi gerindo face ao trabalho de recuperação do campeão do Mundo, que terminou a 15 segundos.

Com sete provas por disputar, Hamilton soma 250 pontos, enquanto Rosberg tem 248. O australiano Daniel Ricciardo (Red Bull), que foi quinto, completa o pódio provisório, com 161 pontos.

Este foi o primeiro triunfo de Nico Rosberg, de 31 anos, em Itália, o sétimo na temporada e o 21.º na carreira, na qual já detém 50 pódios.

"Muito obrigado, rapazes. É fantástico ganhar em Itália", disse o germânico, após cruzar a linha de meta.

Hamilton perseguia o terceiro triunfo consecutivo em Itália, igualando um feito até hoje apenas conseguido pelo argentino Fangio nos anos 50, mas não conseguiu e com isso adiou a sua 50.ª vitória na carreira.

Esta foi também a primeira vez em sete anos que o vencedor não partiu na frente.

Fernando Alonso (McLaren) cumpriu a volta mais rápida da prova, a 22.ª vez que o conseguiu na carreira, a última das quais já em 2013, mas terminou em 14.º.

Sebastian Vettel foi terceiro na 14.ª prova da temporada, à frente do colega da Ferrari, o finlandês Kimi Raikkonen.

Daniel Ricciardo foi quinto à frente de Valtteri Bottas da Williams, enquanto Max Verstappen (Red Bull), Sergio Pérez (Force India), Felipe Massa (Williams) e Nico Hulkenberg (Force India) completaram o lote de 10 pilotos que não foram dobrados.

Com a dobradinha, a Mercedes ampliou a já muito folgada vantagem no Mundial de construtores, somando 498 pontos, face aos 290 da Red Bull e 279 da Ferrari, os mais diretos perseguidores.

Lusa

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.