sicnot

Perfil

Desporto

Aumentam casos de doping em Portugal

O número de casos positivos de doping em Portugal mais do que duplicou em 2015 face ao ano anterior, passando de 16 para 36, num ano em que se chegou a um número recorde de 4.071 amostras recolhidas e analisadas.

Os dados foram hoje apresentados por Rogério Jóia, presidente da Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP), que destacou "a eficácia que ninguém conseguira antes" no Programa Nacional Antidopagem, nomeadamente com o "aumento das recolhas feitas em competição, face aos casos extra competição".

"Apostar no reforço dos controlos fora de competição leva a uma política de mentira. Devemos procurar o doping onde ele está", reforçou, destacando que os 36 casos positivos em 2015 foram todos em competição.

Rogério Jóia apresentou algumas "marcas relevantes" no combate ao doping em competição, nomeadamente recorde de amostras recolhidas num único dia - 60, numa etapa da Volta a Portugal em bicicleta. "E este ano triplicámos", garantiu.

O evento desportivo com mais controlos foi o Nacional de natação de juvenis e absolutos, em dois dias, com 132 amostras colhidas.

Quanto às colheitas para o passaporte biológico também foram as mais altas de sempre, chegando às 523.

Rogério Jóia confirmou também o alargamento do passaporte biológico ao futebol em breve, afirmando que "é importante que isso aconteça, tendo em conta o mediatismo da modalidade e as verbas que envolve".

Aos 36 casos positivos em 2015 há a juntar outras sete situações de desrespeito do sistema de localização ou de fuga ao controlo de dopagem, em ligeira subida face ao ano anterior.

Analisando o quadro por modalidades, o futebol é de longe a mais controlada, com 1.555 amostras. Seguem-se o ciclismo, com 559, o atletismo, com 325, a patinagem, com 227, e a natação, com 182.

Com cinco casos positivos registados encontram-se o ciclismo, o kickboxing e o râguebi, mais um do que o futebol e o boxe. O andebol e o automobilismo tiveram três casos cada e a natação dois. Uma situação registada para atletismo, patinagem, voleibol, basquetebol e lutas amadoras.

O andebol regista o único caso de fuga ao controlo antidoping e quanto ao desrespeito pelo sistema de localização há dois casos no ciclismo e um no ciclismo, desporto equestre, ginástica, kickboxing e vela.

"Tratamos todas as modalidades da mesma maneira", garantiu o presidente da ADoP. "Acabou-se o bode expiatório do ciclismo, tratamos todos por igual", reforçou.

Lusa

  • "Não vou ceder, não vou render-me, não vou desistir da candidatura"
    2:02
  • Obama, Presidente francês?
    1:55

    Mundo

    A resposta é óbvia, mas não demoveu quatro franceses, descontentes com os candidatos às Presidenciais no seu país. A ideia começou como brincadeira, mas já recolheu 43 mil assinaturas. 

  • Trump apanhado a ensaiar no carro
    1:08
  • Mulheres democratas de branco para mostrar que não abdicam dos diretos conquistados

    Mundo

    Uma "mancha branca" sobressaiu esta terça-feira no Congresso norte-americano, durante o primeiro discurso de Donald Trump. A maioria das 66 mulheres representantes e delegadas do Partido Democrata vestiram-se de branco, num ato simbólico a fazer recordar o movimento sufragista feminino, que encorajava as apoiantes a vestirem-se de branco. Tal como então, a cor da pureza foi agora recuperada, desta feita para mostrar a Trump que as mulheres não abdicam dos direitos conquistados no início do século XX.

  • Treinador do "The Biggest Loser" teve ataque cardíaco

    Mundo

    Foi o próprio Bob Harper que partilhou a notícia no seu Instagram. O ex-treinador do famoso programa de televisão sofreu um ataque cardíaco enquanto treinava no ginásio. Esteve oito dias internado mas, felizmente, já está em casa a recuperar.

  • Prisões recebem manual para lidar com fugas
    2:07

    País

    O Governo vai fazer o maior investimento de sempre nos serviços prisionais. São 2.600 milhões de euros para reforçar a segurança nas prisões. Entretanto. já foi distribuído um manual de procedimentos em caso de fuga.