sicnot

Perfil

Desporto

Hollande agradece gesto de Buffon durante o hino em Bari

O primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, revelou esta segunda-feira que o presidente François Hollande agradeceu o gesto do guarda-redes Gianluigi Buffon, que travou a má edução de um grupo de adeptos italianos no amigável de futebol entre as duas seleções.

O momento em que Buffon começou a aplaudir o hino francês "A Marselhesa" ao mesmo tempo que os adeptos o assobiavam foi recordado pelos chefes de Estado na cimeira do G-20 (as 20 nações com as economias mais poderosas do Mundo), que decorre na China.

"À margem do encontro de hoje, François Hollande agradeceu o gesto de Gigi Buffon, que calou os adeptos italianos que vaiavam "A Marselhesa" e fez com que os restantes, no Estádio de Bari (Itália), aplaudissem o hino" da seleção adversária, declarou Renzi ao jornal ENews.

Segundo o governante transalpino, "os desportistas podem fazer muito em termos de mensagens educativas, como o capitão Buffon demostrou, algo de que toda a Itália se deve orgulhar".

O hino francês foi assobiado durantes uns segundos, antes do início do amigável de quinta-feira (ganho pelos gauleses, por 3-1), mas Buffon começou a aplaudir, logo acompanhado pelos seus colegas de equipa, gesto que se estendeu a praticamente toda a assistência no recinto de San Nicola de Bari.

Lusa

  • Primo de Sócrates já foi notificado
    1:48
  • Santana Lopes espera mais diálogo com António Costa
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes espera que o primeiro-ministro dialogue mais com o novo líder do PSD do que o que tem dialogado com Passos Coelho. O candidato à liderança dos social-democratas criticou ainda Rui Rio por ainda não se ter mostrado disponível para um debate.

  • Rui Rio defende o diálogo com todos os partidos
    0:37

    País

    Rui Rio defende o diálogo com todos os partidos com assento parlamentar e não apenas com o Governo. As declarações do candidato à liderança do PSD surgiram em resposta a António Costa que, em entrevista, disse que acredita que a relação com os social-democratas vai melhorar com a nova liderança.

  • Morreu o jornalista Pedro Rolo Duarte

    País

    Morreu Pedro Rolo Duarte. O jornalista tinha 53 anos e não resistiu a um cancro. Pedro Rolo Duarte estava internado nos cuidados paliativos do Hospital da Luz, em Lisboa. Trabalhou em imprensa, na rádio e na televisão.