sicnot

Perfil

Desporto

Quatro feridos no sorteio da segunda divisão grega de futebol

Cerca de 30 desordeiros, com as cabeças cobertas, causaram distúrbios esta segunda-feira no restaurante de Atenas onde decorreu o sorteio do campeonato grego de futebol da segunda divisão, provocando quatro feridos e danos materiais.

Um repórter fotográfico teve de ser transportado ao hospital e outras três pessoas foram assistidas no local. Os autores do ataque danificaram ainda veículos estacionados no parque do restaurante e material dos meios de comunicação social.

O ministro-adjunto dos Desportos, Stavros Kontonis, qualificou o sucedido como "um ataque inaceitável e condenável", que "demonstra a crise profunda e o descrédito que atinge o futebol grego", e garantiu que os responsáveis serão levados à justiça.

Segundo testemunhos, os 'hooligans' atacaram pouco depois do fim do sorteio, partindo garrafas e virando mesas e cadeiras, além de agredirem aqueles que estavam no seu caminho, e abandonaram o local antes da chegada da polícia.

Lusa

  • Bernardo Silva no City? O que Pep Guardiola disse ao português na Champions
    0:34
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57