sicnot

Perfil

Desporto

Bruno de Carvalho diz que Rio Ave mereceu vitória

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, assumiu esta segunda-feira que o Rio Ave mereceu vencer o jogo contra os leões, garantindo que está orgulhoso com o futebol da equipa liderada por Jorge Jesus que fez tremer o Santiago Bernabéu.

"Depois de fazer tremer o Santiago Bernabéu, um jogo menos conseguido onde uma primeira parte com 15 minutos de desconcentração coletiva ditou uma inesperada derrota. O Rio Ave, pela eficácia nesses 15 minutos, mereceu vencer", disse Bruno Carvalho, numa mensagem publicada no Facebook.

O Sporting perdeu no domingo os primeiros pontos no campeonato, ao ser derrotado na deslocação ao terreno do Rio Ave por 3-1, em jogo da quinta jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Bruno de Carvalho defendeu que na primeira parte em Vila do Conde "tudo correu mal", deixando elogios aos adeptos presentes no estádio que apoiaram a equipa "do primeiro ao último minuto".

O presidente do Sporting, que considerou que a equipa de arbitragem fez um "bom trabalho", reafirmou o seu orgulho na equipa orientada por Jorge Jesus.

"Quero reafirmar publicamente o orgulho de ser presidente do Sporting Clube de Portugal com um futebol liderado pelo treinador Jorge Jesus, com toda a sua equipa técnica e staff e com um conjunto de atletas onde, cada um deles e sem exceção, todos juntos, fazem um plantel de qualidade, técnica e humana, excecional", defendeu.

Bruno de Carvalho referiu que a equipa, agora, deve estar focada na partida frente ao Estoril-Praia, e apelou à presença dos adeptos no jogo que se vai disputar na sexta-feira, no estádio José Alvalade.

"Agora é hora de voltar ao trabalho e deixar falar os arautos da desgraça. O Estoril é o próximo adversário e a nossa atenção e foco já só estão aí. Sexta-feira vamos encher Alvalade", concluiu.

Lusa

  • Um homem de 83 anos é a 42.ª vítima dos incêndios
    1:27

    País

    Subiu para 42 o número de vítimas mortais nos incêndios deste domingo. Um homem de 83 anos foi encontrado sem vida em Lugar de Covelo, em Vouzela. O número de feridos mantém-se, 14 estão em estado grave. A maior parte das mortes aconteceu no distrito de Coimbra (20) e Viseu (19). Segundo a Proteção Civil, já não há desaparecidos. Sete pessoas estavam dadas como desaparecidas e apenas uma foi encontrada sem vida. Um bebé de poucos meses tinha sido dado como morto, mas foi encontrado com vida.

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08