sicnot

Perfil

Desporto

Schumacher "não consegue caminhar", diz advogado do ex-piloto em tribunal

Michael Schumacher "não consegue caminhar nem pôr-se de pé, mesmo com a ajuda de terapeutas". A revelação foi feita pelo advogado do ex-piloto de Fórmula 1 num tribunal alemão, num processo contra a revista Bunte, que no final do ano passado publicou um artigo no qual referia que Schumacher conseguia dar alguns passos e levantar um braço.

O piloto alemão, sete vezes campeão mundial de Fórmula 1, sofreu graves lesões cerebrais num acidente quando esquiava nos Alpes franceses, em dezembro de 2013.

Depois de ter estado vários meses em coma, Schumacher foi transferido para casa no final do ano passado, onde é assistido por uma equipa de médicos e fisioterapeutas.

A Bunte, revista alemã que acompanha a vida dos famoso, publicou por altura do Natal passado que Schumacher, agora com 47 anos, poderia voltar a andar. Na altura a agente do piloto, Sabine Kehm, veio de imediato desmentir a informação. "Infelizmente somos obrigados a esclarecer, devido a uma notícia publicada recentemente, que não é verdade que Michael Schumacher possa voltar a andar".

"Esta especulação é irresponsável, dada a gravidade das suas lesões a sua privacidade é muito importante. Infelizmente este tipo de notícias vem dar falsas esperanças a muitas pessoas", frisou Sabine Kehm.

  • Kikas faz história
    1:22
  • Madonna está outra vez em Lisboa 😲
    0:59
  • Hindus pedem a troca de nome da cerveja brasileira Brahma

    Mundo

    Um grupo de hindus pediu a mudança da marca de cerveja Brahma, propriedade da multinacional cervejeira Anheuser-Busch InBev, com sede em Lovaina, na Bélgica, argumentando que é inapropriado uma bebida alcoólica ter o nome que um deus hindu.

  • Manuais oferecidos aos alunos do 1.º ano não podem ser reutilizados
    2:42

    País

    As escolas querem que sejam devolvidos aos alunos os manuais do 1.ºo ano que foram dados gratuitamente pelo Estado para serem reutilizados nos próximos anos. A Associação de Diretores de Agrupamentos diz que os livros estão praticamente todos em bom estado, mas da forma como são feitos pelas editoras é impossível voltar a usá-los. As escolas querem que o Executivo chegue a um entendimento com as editoras para conceber manuais reutilizáveis.

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.