sicnot

Perfil

Desporto

Maxi Pereira evolui para treino integrado condicionado no FC Porto

O defesa uruguaio Maxi Pereira voltou esta terça-feira aos treinos do FC Porto, que iniciou a preparação da receção de sexta-feira ao Boavista, em desafio da sexta jornada da I Liga de futebol.

Segundo o site dos 'dragões, o lateral direito uruguaio esteve no relvado nos 15 minutos abertos aos órgãos de comunicação social, tendo feito treino integrado condicionado.

Maxi Pereira teve de ser operado à perna direita na sequência de entrada dura de um adversário de Roma, em desafio de acesso à Liga dos Campeões, na qual os portistas estão a competir em detrimento dos transalpinos.

O treino não contou com o guarda-redes João Costa e o defesa Chidozie, que trabalharam com a equipa B.

O plantel do FC Porto cumpriu um dia de folga na segunda-feira, após ter voltado a perder pontos na I Liga, agora com 0-0 na visita ao Tondela, ultimo classificado, com apenas dois pontos.

A equipa de Nuno Espírito Santo, terceira classificada, a três pontos do líder Benfica e a dois do Sporting, recebe o Boavista, 12.º com cinco pontos, às 19:00 de sexta-feira.

Os portuenses voltam ao trabalho na quarta-feira (10:00) no Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia, à porta fechada.

Com Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.