sicnot

Perfil

Desporto

Egito bate Itália e passa aos quartos do Mundial 2016 de futsal

© Lusa

O Egito provocou uma nova surpresa no Mundial de futsal, ao eliminar a Itália na quinta-feira, com uma vitória por 4-3, no prolongamento, assegurando a última vaga nos quartos de final da competição que decorre na Colômbia.

Um dia depois de o Irão ter afastado o bicampeão Brasil nos oitavos de final, os vice-campeões africanos deixaram pelo caminho a terceira classificada das duas últimas edições do Mundial, graças a um golo de Abdelrahman Elashwal, aos 48 minutos, a completar um hat-trick e a desfazer o 3-3 registado no final do tempo regulamentar.

Elashwal, aos 7 e aos 19 minutos, e Essam, aos 34, marcaram os golos do Egito antes do tempo extra, enquanto Murilo, aos 7 e aos 35, e Ercolessi, aos 20, fizeram os tentos da Itália.

Nos quartos de final, o Egito vai defrontar a Argentina, que também se qualificou na quinta-feira, ao bater a Ucrânia por 1-0, também após prolongamento, graças a um golo de Leandro Cuzzolino.

Antes, Portugal ficou a saber que vai discutir o acesso às meias-finais com o Azerbaijão, que superou a Tailândia por 13-8, após prolongamento, em encontro dos oitavos de final, disputado em Medellin.

O embate dos quartos de final entre Portugal e o conjunto azeri está marcado para domingo, pelas 18:00 locais (00:00 de segunda-feira, em Lisboa), no Coliseo el Pueblo, em Cali.

Nos oitavos de final, o Azerbaijão só conseguiu desbloquear o jogo frente à Tailândia no prolongamento, período em que marcou seis golos, depois de se ter atingido o final do tempo regulamentar com um empate 7-7.

Fineo (cinco), Thiago Bonilha (três), Vassoura (dois), Vitaliy Borisov, Fabio Poletto e o guarda-redes Rovshan Huseynli apontaram os tentos dos azeris, no embate com mais golos (21) da edição de 2016 do Mundial, superando os 18 da goleada do Brasil a Moçambique (15-3).

Lusa

  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • Condutores continuam com dúvidas em como circular numa rotunda
    2:06

    País

    Circular nas rotundas continua a ser um problema para muitos condutores. Cerca de 3 mil foram multados nos últimos três anos depois da entrada em vigor do novo código, os números são avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Os instrutores de condução dizem que a medida provoca mais confusão nas horas de ponta.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade.