sicnot

Perfil

Desporto

Real Madrid empata em Las Palmas e segura liderança por um ponto

ANGEL MEDINA G.

O Real Madrid empatou este sábado a 2-2 em casa do Las Palmas, em jogo da sexta jornada da Liga espanhola de futebol, que lidera com um ponto de vantagem sobre o bicampeão FC Barcelona.

O desinspirado Real Madrid, com Cristiano Ronaldo no onze mas sem Casimiro, deixou dois pontos no recinto do surpreendente Las Palmas, que segue na quinta posição da Liga espanhola, apesar de ter chegado à vantagem por Marco Asensio, aos 33 minutos.

Pedro Tana empatou para o Las Palmas, aos 38 minutos, e o francês Karim Benzema, que começou o jogo no banco, entrou aos 64 minutos para, três volvidos, desfazer a igualdade e voltar a colocar o Real de Madrid em vantagem.

O treinador Zinedine Zidane substituiu Cristiano Ronaldo por Lucas Vazquez, aos 72 minutos, e quando o jogo parecia controlado pelos merengues, embora com pouca qualidade, o argentino Sergio Araújo, aos 85 minutos, estabeleceu o 2-2 final.

Na luta pelos lugares cimeiros, o Athletic Bilbau venceu o Sevilha, por 3-1, numa partida marcada pela expulsão do guarda-redes visitante Sirigu, por agressão, e que levou a que Vicente Iborra tivesse de ir para a baliza nos minutos finais.

San José colocou o Athletic Bilbau em vantagem aos 26 minutos, Nasri empatou para o Sevilha aos 55, mas Balenziaga, aos 66, e Aduriz, aos 90, na conversão de um grande penalidade, colocaram o marcador definitivamente em 3-1.

O FC Barcelona, com o português André Gomes a titular, goleou em casa do Sporting Gijón, por 5-0, e, face ao empate do Real Madrid (2-2), segue na segunda posição da Liga apenas a um ponto do líder Real Madrid.

O brasileiro Neymar, aos 81 e 88 minutos, o seu compatriota Rafinha, aos 32, o uruguaio Luis Suárez, aos 29, e o turco Arda Turan, aos 85, assinaram os tentos da goleada catalã.

No encontro que antecedeu a receção do Sporting Gijón ao FC Barcelona, o Eibar venceu em casa a Real Sociedad, por 2-0, com um autogolo de Asier Illarramendi, aos 57 minutos, e um golo do português Bebé, aos 66.

Lusa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite