sicnot

Perfil

Desporto

João Sousa mantém 34.º lugar no ranking mundial

© Aly Song / Reuters

O tenista português João Sousa, afastado esta semana nos quartos de final do torneio de Tóquio, mantém o 34.º posto da classificação mundial, que continua a ser liderada pelo sérvio Novak Djokovic.

Na segunda posição, mantém-se o britânico Andy Murray, que reduziu a distância para Djokovic, embora ainda a 3.695 pontos, depois de no domingo ter vencido o Open da China, ao bater na final o búlgaro Grigor Dimitrov.

O japonês Kei Nishikori ocupa a quarta posição, igualando a sua melhor classificação de sempre, atrás do suíço Stan Wawrinka, terceiro classificado.

O espanhol Rafael Nadal desceu ao quinto lugar, por troca com Nishikori, que já tinha ocupado o quarto posto da classificação mundial em março de 2015.

Em femininos, a alemã Angelique Kerber continua a liderar o ranking, com uma vantagem de 1.340 pontos sobre a norte-americana Serena Williams.

A polaca Agnieszka Radwanska mantém terceira posição, à qual ascendeu na semana passada, enquanto a romena Simona Halep subiu ao quarto posto, que era ocupado pela espanhola Garbine Muguruza, atual sexta.

A número um portuguesa, Michelle Larcher de Brito, desceu uma posição, do 225.º para o 226.º lugar.

Lusa

  • Está uma baleia no Cais do Sodré, em Lisboa

    País

    A capitania do Porto de Lisboa confirma a notícia. O cetáceo, com cerca de dois metros, está morto. Encontra-se encalhado junto a uma margem, em frente à Portugália. A situação está a ser acompanhada pelas autoridades.

    Última Hora

  • Rúben Lima nega crimes de corrupção no processo Cashball
    6:04

    Desporto

    Rúben Lima, um dos oito jogadores suspeitos de terem sido aliciados por intermediários ao serviço do Sporting para beneficiar o clube de Alvalade, nega todos os crimes investigados pela Polícia Judiciária. Numa entrevista exclusiva à SIC, o jogador do Moreirense garante que não conhece nenhum dos quatro arguidos detidos no âmbito do processo Cashball.

    Exclusivo SIC

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.