sicnot

Perfil

Desporto

Pugilista Tyson Fury desiste de defender títulos de campeão do mundo

O pugilista britânico Tyson Fury anunciou hoje que desiste de defender os títulos de campeão do mundo de pesos pesados "com efeito imediato" para se concentrar no seu "tratamento médico e recuperação".

Tyson Fury, de 28 anos, admitiu na semana passada que consumiu "muita cocaína" ao longo da vida, depois de ter sido noticiado que acusou aquela substância num controlo 'antidoping'.

O britânico, que nunca sofreu qualquer derrota, tinha um combate agendado para 29 de outubro, em que iria defender os títulos frente ao cazaque Wladimir Klitschko, antigo campeão, mas que já tinha sido cancelado por Fury não estar em condições médicas para competir.

"Ganhei estes títulos no ring e penso que devem ser perdidos no ring, mas sou incapaz de os defender neste momento", afirma, num comunicado divulgado hoje.

O pugilista tinha anunciado no Twitter a sua retirada, mas depois veio dizer, na mesma plataforma na Internet, que o anúncio não tinha passado de uma brincadeira e que estava a recuperar para poder defender os seus títulos mundiais.

No final de setembro, a comunicação social norte-americana noticiou que Tyson Fury acusou cocaína num controlo realizado no dia 22 daquele mês e que iria perder os títulos de campeão mundial (WBA e WBO) devido a consumo de uma substância proibida.

Lusa

  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Jornalista bielorrusso come jornal após perder aposta

    Desporto

    Vyacheslav Fedorenko, editor de desporto de um importante jornal da Bielorrúsia, apostou que o Dinamo Minsk não chegaria aos play-offs da Kontinental Hockey League (KHL), uma liga internacional dominada por equipas russas. Perdeu e acabou a comer as próprias palavras, impressas em papel.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42