sicnot

Perfil

Desporto

FIFA agenda para 9 de janeiro atribuição de prémio a melhor futebolista do mundo

(Arquivo)

© Reuters Staff / Reuters

A FIFA anunciou esta sexta-feira que a cerimónia de atribuição dos seus prémios anuais, entre os quais o que distingue o melhor jogador de futebol do mundo, será realizada a 9 de janeiro de 2017, em Zurique.

A organização de cúpula do futebol mundial pôs termo este ano à parceria que existiu entre 2010 e 2015 com a France Football, ao abrigo da qual foi instituído um galardão comum visando distinguir o melhor futebolista do ano, a Bola de Ouro.

A distinção, que em 2015 foi atribuída ao argentino Lionel Messi, será definida pela votação de um colégio de jornalistas, deixando de participar nesta eleição os capitães e técnicos das seleções nacionais.

Desde a criação do prémio conjunto, em 2010, Messi venceu por quatro vezes (2010, 2011, 2012 e 2015) e Cristiano Ronaldo duas (2013 e 2014).

Antes, os dois jogadores venceram o prémio exclusivo FIFA de melhor jogador do mundo: Cristiano Ronaldo em 2008 e Lionel Messi em 2009, troféus que, nesses dois anos, coincidiram com a Bola de Ouro da France Football.

A FIFA indicou ainda que o novo formato de Campeonato do Mundo de futebol a realizar em 2016, que poderá ser alargado a 40 ou 48 equipas, será decidido na próxima reunião do Conselho da organização, a 9 e 10 de fevereiro de 2017.

Esta sexta-feira, a organização máxima do futebol mundial avançou também que o seu próximo congresso se realizará a 11 de maio em Manama, no Bahrein.

Lusa

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • Deputados britânicos debatem hoje petição que desvaloriza visita de Donald Trump

    Mundo

    Os deputados britânicos debatem hoje uma petição que reclama que a futura visita de Estado do Presidente norte-americano, Donald Trump, seja reduzida a uma visita oficial, enquanto dezenas de milhares de pessoas se manifestam sobre o mesmo assunto. Dezenas de milhares de pessoas são esperadas hoje nas ruas de várias cidades do Reino Unido, em protestos organizados para coincidir com a discussão no parlamento (na Câmara dos Comuns) de uma petição 'online' que já tem quase dois milhões de subscritores.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Matteo Renzi demite-se da liderança do Partido Democrático

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro italiano Matteo Renzi demitiu-se hoje da liderança do Partido Democrata (PD), uma decisão que faz parte de uma estratégia para retomar o controlo da formação de centro-esquerda, onde uma minoria mais à esquerda ameaça cindir-se.