sicnot

Perfil

Desporto

Renault confirma contratação do piloto alemão Nico Hulkenberg

O piloto alemão Nico Hulkenberg vai sair da equipa de Formula 1 Force Índia no final da época e vai juntar-se à equipa da Renault em 2017, com contrato de dois anos, anunciou esta sexta-feira a marca francesa.

Vincent Thian

"Estou muito satisfeito por me juntar, em 2017, ao Renault Sport Formula One Team. A Renault foi sempre um ator de primeiro plano no desporto automóvel e que me evoca grandes recordações", afirmou o piloto alemão.

Hulkenberg, de 29 anos, está a seguir os passos do emblemático ex-campeão Michael Schumacher, que ao volante da Renault completou apenas uma temporada e ganhou o nono Grande Prémio e o segundo dos seus sete títulos mundiais.

"Foi com a Renault que Michael Schumacher fez da Alemanha uma nação de Fórmula 1 e fez despertar em mim o entusiasmo e a paixão pela competição. Ao fazer parte da família Renault quero desenvolver o novo monolugar e escrever novas páginas nesta história de sucesso", acrescentou.

Para o presidente da Renault Sport, Jérôme Stoll, o piloto alemão encaixa-se no perfil que procuravam e descreve-o como um "piloto talentoso, dedicado e motivado", que irá ajudar "a explorar o trabalho realizado nesta temporada que se deverá traduzir na obtenção de melhores resultados em 2017 e nos anos seguintes".

Esta sexta-feira, a Force Índia já tinha anunciado a saída do piloto, em que o chefe da equipa indiana, Vijay Mallya descreveu-o como "piloto excecional" e que a equipa respeita a decisão do piloto de "explorar novas oportunidades".

Hulkenberg agradeceu à equipa indiana a "possibilidade" que lhe deu ao poder "abraçar esta nova oportunidade" e garante que vai "dar tudo para que a Force Índia obtenha o quarto lugar do Campeonato de Construtores".

A última corrida do piloto, de 29 anos, pela Force India será no próximo mês, em Abu Dhabi.

O alemão ocupa atualmente o nono lugar do Mundial de pilotos, com 54 pontos, após 17 dos 21 Grandes Prémios da temporada.

Lusa

  • Enfermeiros dizem que suplemento de 150 € não é suficiente para acordo
    0:57

    País

    O Sindicato dos Enfermeiros diz que há um avanço nas negociações com o Governo. Esta terça-feira à tarde, uma delegação do Ministério das Finanças esteve numa reunião que decorreu no Ministério da Saúde. Apesar disso, o presidente do sindicato, José Azevedo, explicou à SIC que a proposta do executivo de pagar mais 150 euros aos enfermeiros especializados não é suficiente para chegarem a acordo.

  • Guterres condena onda de violência em Myanmar
    0:43
  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC