sicnot

Perfil

Desporto

Messi regressa e marca na goleada do FC Barcelona sobre o Deportivo

QUIQUE GARCIA

O argentino Lionel Messi regressou esta sábado à competição, após lesão, tendo apontado o quarto e último golo da vitória caseira do FC Barcelona sobre o Deportivo, em jogo da oitava jornada da Liga espanhola de futebol.

Um bis de Rafinha, aos 21 e 26 minutos, um golo de Luis Suárez em cima do intervalo (43), e o tento do argentino - que esteve quase um mês fora de competição devido a uma rotura na coxa direita - asseguraram a goleada, por 4-0, dos bicampeões espanhóis.

O Deportivo jogou desde os 65 minutos reduzido a 10, depois da expulsão, por cartão vermelho direto, de Laure Sanabria, que aconteceu apenas dois minutos depois de o português Bruno Gama ter sido substituído por Luisinho.

O triunfo permite aos catalães ascenderem provisoriamente ao segundo lugar, a um ponto do Sevilha, que lidera provisoriamente, depois deste sábado ter vencido no terreno do Leganés, por 3-2.

A formação sevilhana, sem o lesionado Daniel Carriço, venceu graças a um golo de Sarabia, aos 85, depois de ter estado a vencer por 2-0, com os tentos do italiano Franco Vázquez, aos 25, e do francês Nasri, aos 58. Timor, aos 67, e o argentino Szymanowski, dois minutos depois, deram então o empate aos anfitriões.

A dois pontos do Sevilha e a um do FC Barcelona seguem as duas equipas de Madrid, que jogam ainda este sábado: o Atlético recebe o Granada e o Real visita o Bétis.

Lusa

  • Assembleia-geral do Sporting marcada para 23 de junho
    2:57
  • Congresso do PS começa hoje na Batalha

    País

    O 22.º Congresso do PS começa hoje, na Batalha, distrito de Leiria, e durante o qual o secretário-geral, António Costa, deverá defender uma linha de continuidade estratégica, procurando, em simultâneo, projetar desafios estruturais que se colocam ao país.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • Juiz impede acesso a informações bancárias e e-mails de António Mexia
    1:50

    País

    No inquérito crime que investiga a EDP, continua um braço de ferro entre o Ministério Público e o juiz de instrução. O magistrado voltou a negar o acesso a informações bancárias e a e-mails de António Mexia, que constavam dos processos da Operação Marquês e do universo Espírito Santo.

  • Universidade de Coimbra não retira Honoris Causa a Lula
    3:30
  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC