sicnot

Perfil

Desporto

ATP quer que tenista Nick Kyrgios seja seguido por psicólogo

© Kim Kyung Hoon / Reuters

O tenista australiano Nick Kyrgios, finalista vencido do Estoril Open de 2015, terá que começar a ser seguido por um psicólogo ou então vai ficar afastado dos 'courts' durante oito semanas, anunciou esta segunda-feira o ATP.

Em causa está o seu comportamento durante o Masters 1000 de Xangai, na última semana, num encontro frente ao alemão Mischa Zverev (derrota por 6-3 e 6-1), em que perdeu pontos propositadamente, serviu de forma peculiar e discutiu com os adeptos, tendo mesmo abandonado o campo sob um forte coro de assobios.

"A conduta do Nick [Kyrgios] em Xangai foi inaceitável e desrespeitosa para a modalidade e para os seus adeptos", disse o diretor executivo do circuito ATP, Chris Kermode.

Entretanto, a federação australiana revelou que Kyrgios aceitou a decisão do ATP e vai começar a consultar um psicólogo especializado em desporto.

"Falámos com os treinadores do Nick e ele concordou em procurar ajuda", referiu o organismo.

Em comunicado, o australiano voltou a pedir desculpa pelo episódio ocorrido em Xangai e garantiu que vai melhorar o seu comportamento "dentro e fora dos courts".

"Tem sido uma longa temporada, em que sofri muitas lesões. Em Xangai, acabei por chegar ao meu limite, tanto fisica como psicologicamente", disse Kyrgios.

Inicialmente, o ATP multou o tenista de 21 anos em 16.500 dólares (15.000 euros), mas hoje decidiu aumentar o valor em mais 25.000 dólares (22.700 euros) e aplicar uma pena de oito semanas de suspensão, depois de ter sido dado como culpado de ter posto em causa a integridade do circuito e da modalidade.

"A suspensão será reduzida para três semanas se o jogador concordar em cumprir um plano em que será seguido por um psicólogo desportivo", lê-se num comunicado da ATP.

Certo é que Kyrgios, que no ano passado já tinha sido suspenso um mês devido a comentários que fez sobre o suíço Stanislas Wawrinka, está proibido de competir até 07 de novembro.

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.