sicnot

Perfil

Desporto

João Sousa sobe à 33.ª posição do ranking e Murray ameaça Djokovic

Reuters

O tenista português João Sousa subiu um lugar no ranking mundial e fixou-se na 33.ª posição na lista publicada hoje, que continua a ser liderada pelo sérvio Novak Djokovic.

Para esta subida terá contribuído a prestação do número um português no torneio de Tóquio, há duas semanas, onde chegou aos quartos de final, uma embalagem que o jogador luso desaproveitou na última semana, em Xangai, China, onde foi eliminado à primeira.

Enquanto Gastão Elias manteve a 61.ª posição na hierarquia, Pedro Sousa galgou mais quatro lugares na classificação mundial, surgindo hoje na posição 188, a sua melhor classificação de sempre.

Nas duas últimas semanas, Pedro Sousa foi somando vitórias preciosas em torneios challenger (segundo escalão) para reforçar a sua condição de top 200.

Em Campinas, chegou às meias-finais, tendo sido afastado pelo argentino Carlos Berlocq, campeão da última edição do Portugal Open, em 2014. Uma semana depois, chegou aos quartos de final de Buenos Aires.

No cimo da tabela, o britânico Andy Murray, que no domingo venceu o Masters 1000 de Xangai, aproximou-se de Djokovic e ainda mantém a esperança de terminar o ano na liderança do ranking.

Com a vitória na China, Murray, que há uma semana tinha menos 3.695 pontos que o sérvio, reduziu o fosso para 2.055 pontos para o sérvio (perdeu nas meias-finais do mesmo torneio), uma margem que permite ao britânico pensar ainda em chegar ao final da temporada no trono do circuito.

Ainda no top 10, o canadiano Milos Raonic, semifinalista no torneio de Pequim, subiu à quarta posição, igualando o seu melhor ranking de sempre.

Em femininos, a alemã Angelique Kerber, que há um mês quebrou a hegemonia da norte-americana Serena Williams, continua segura na liderança do ranking mundial, isto apesar de ter sido eliminada na última semana nos quartos de final do torneio de Hong Kong.

A portuguesa Michelle Larcher de Brito subiu um lugar e ocupa esta semana a posição 225.

Lusa

  • Hoje é notícia 

    País

    O PSD leva a debate parlamentar a reprogramação do atual quadro comunitário, desafiando os partidos a pronunciarem-se sobre a proposta inicial do Governo, que considera "não servir o país". Os parceiros sociais e o Governo reúnem-se na Concertação Social para discutirem o Programa Nacional de Reformas. O Sporting de Braga procura alcançar o Sporting no 3º lugar da I Liga, ao defrontar o Marítimo na abertura da 31.ª jornada.

  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01

    País

    Dezassete anos depois, Lisboa vai ter as primeiras salas de consumo assistido, vulgarmente conhecidas como salas de chuto. O objetivo é apoiar os mais de 1400 toxicodependentes sinalizados e evitar a propagação de doenças.

  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC