sicnot

Perfil

Desporto

Nelson Évora vai ser treinado por antigo campeão olímpico

Pedroso, de 43 anos, é um dos atletas cubanos mais bem sucedidos, dominando o salto em comprimento a nível mundial entre os anos de 1993 e 2001. Foi campeão olímpico em Sydney2000, além de tetracampeão ao ar livre e pentacampeão em pista coberta. (Arquivo)

LIONEL CIRONNEAU / AP

Nelson Évora anunciou o seu treinador para o novo ciclo olímpico, que será o cubano Ivan Pedroso, antigo campeão olímpico e mundial do salto em comprimento.

"Não é todos os dias que passamos a ter como treinador um dos nossos ídolos de sempre! Sei que vêm aí muitos e longos voos!", escreveu hoje à tarde o campeão olímpico do triplo salto de 2008, na sua conta de 'twitter', com uma fotografia em que já está ao lado do técnico cubano.

O saltador português, de 32 anos, foi treinado por João Ganço desde que começou no atletismo, ainda juvenil, até aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Com ele conseguiu vários sucessos, em que se destacam as medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim2008 e nos Mundiais de Osaca2007.

Pedroso, de 43 anos, é um dos atletas cubanos mais bem sucedidos, dominando o salto em comprimento a nível mundial entre os anos de 1993 e 2001. Foi campeão olímpico em Sydney2000, além de tetracampeão ao ar livre e pentacampeão em pista coberta.

Com 8,71 metros como melhor marca, é ainda o nono melhor de sempre e o recordista cubano.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.