sicnot

Perfil

Desporto

Simeone vai treinar o Atlético de Madrid até 2018, garante diretor-executivo

© Michaela Rehle / Reuters

O diretor-executivo do clube de futebol espanhol Atlético de Madrid, Miguel Ángel Gil Marín, garantiu esta terça-feira que o técnico argentino Diego Simeone vai continuar a treinar a equipa principal do clube até 2018.

"Creio que sim [sobre a continuidade de Simeone]. Esta temporada e a que vem, com certeza. E espero que muitas mais, leva cinco anos connosco e o razoável é que faça mais", disse Ángel Gil Marin ao programa televisivo espanhol La Sexta.

Simeone, de 46 anos, está à frente dos destinos da equipa desde dezembro de 2011, tendo conseguido ser finalista vencido em duas edições da Liga dos Campeões (2014 e 2016), tendo no palmarés a conquista da Liga espanhola, em 2013/2014, da Liga Europa (2012) e da Supertaça Europeia (2012), entre outros títulos.

O técnico argentino, que representou o clube como jogador entre 1994 e 1997, assinou recentemente um novo contrato com os 'rojiblancos', que dura até junho de 2018.

"Foi uma bênção para Simeone e para nós estarmos juntos neste período da historia do clube, continuamos a crescer e o mais inteligente para as duas partes é continuar muito mais anos juntos", acrescentou Gil Marín.

O Atlético de Madrid, revelou ainda responsável, vai poder jogar o primeiro jogo caseiro da próxima temporada no novo estádio, o Wanda Metropolitano.

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.