sicnot

Perfil

Desporto

Simeone vai treinar o Atlético de Madrid até 2018, garante diretor-executivo

© Michaela Rehle / Reuters

O diretor-executivo do clube de futebol espanhol Atlético de Madrid, Miguel Ángel Gil Marín, garantiu esta terça-feira que o técnico argentino Diego Simeone vai continuar a treinar a equipa principal do clube até 2018.

"Creio que sim [sobre a continuidade de Simeone]. Esta temporada e a que vem, com certeza. E espero que muitas mais, leva cinco anos connosco e o razoável é que faça mais", disse Ángel Gil Marin ao programa televisivo espanhol La Sexta.

Simeone, de 46 anos, está à frente dos destinos da equipa desde dezembro de 2011, tendo conseguido ser finalista vencido em duas edições da Liga dos Campeões (2014 e 2016), tendo no palmarés a conquista da Liga espanhola, em 2013/2014, da Liga Europa (2012) e da Supertaça Europeia (2012), entre outros títulos.

O técnico argentino, que representou o clube como jogador entre 1994 e 1997, assinou recentemente um novo contrato com os 'rojiblancos', que dura até junho de 2018.

"Foi uma bênção para Simeone e para nós estarmos juntos neste período da historia do clube, continuamos a crescer e o mais inteligente para as duas partes é continuar muito mais anos juntos", acrescentou Gil Marín.

O Atlético de Madrid, revelou ainda responsável, vai poder jogar o primeiro jogo caseiro da próxima temporada no novo estádio, o Wanda Metropolitano.

Lusa

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.