sicnot

Perfil

Desporto

Adrien Silva nos convocados do Sporting, Patrício, Rúben Semedo e Schelotto de fora

MIGUEL A. LOPES

O treinador do Sporting repetiu a convocatória para o jogo desta quarta-feira com o Vitória de Setúbal, da terceira jornada da Taça da Liga em futebol, com Adrien recuperado e Rui Patrício, Rúben Semedo e Schelotto a continuarem de fora.

Jorge Jesus chamou os mesmos 18 jogadores que estiveram na última partida dos "leões", frente ao Varzim (vitória por 1-0), com Rui Patrício, Rúben Semedo e Schelotto, todos a contas com problemas físicos, a ficarem de fora das escolhas.

O médio Adrien Silva, que saiu com problemas físicos na última partida do Sporting, está recuperado e foi chamado para o jogo desta quarta-feira.

Quem também ficou de fora foi o lateral esquerdo Marvin Zeegelaar, por opção técnica, enquanto João Pereira deixou o clube e rumou aos turcos do Trabzonspor.

O jogo entre o Vitória de Setúbal e o Sporting está agendado para hoje, pelas 20:15, no estádio do Bonfim, numa partida que será dirigida pelo portuense Rui Oliveira.

À entrada para a última jornada da fase de grupos da Taça da Liga, o Sporting lidera com seis pontos em dois jogos, enquanto o Varzim está em segundo com três pontos, os mesmos que o Vitória de Setúbal, sendo o Arouca o último classificado.

Lista dos 18 convocados:

- Guarda-redes: Beto e Azbe Jug.

- Defesas: Jefferson, Coates, Paulo Oliveira, Douglas e Ricardo Esgaio.

- Médios: Adrien Silva, Campbell, Bryan Ruiz, Bruno César, William Carvalho, Elias, Gelson Martins e Markovic.

- Avançados: André, Bas Dost e Castaignos.

Lusa

  • Roger Moore, o ator que foi 007 e um Santo
    1:26

    Cultura

    Morreu Roger Moore. O ator britânico tinha 89 anos e morreu na Suíça, vítima de cancro. Ficou conhecido pelo mítico papel de James Bond entre os anos 70 e 80, tendo sido o ator que mais tempo se manteve no papel. Em 2003, foi condecorado pela rainha Isabel II e tornou-se Sir Roger Moore.

  • Ucrânia limita utilização do russo na televisão

    Mundo

    O Parlamento da Ucrânia aprovou esta terça-feira uma lei que determina que três quartos dos programas televisivos dos canais nacionais devem ser transmitidos em ucraniano, medida que visa limitar o uso da língua russa naquele país.