sicnot

Perfil

Desporto

FC Porto insurge-se contra Conselho de Arbitragem

JOSE COELHO

O FC Porto pede um esclarecimento público ao Conselho de Arbitragem sobre a atuação de Luís Godinho no jogo de terça-feira com o Moreirense. O clube diz que Luís Godinho "interpretou mal o papel de árbitro".

Através da publicação Dragões Diário, o clube reclama que seja dada uma explicação pelo órgão liderado por José Fonte-las Gomes sobre a escolha do juiz de Braga.

O FC Porto considera incompreensível a promoção de Luís Godinho a árbitro internacional e questiona a escolha de um juiz "até ontem desconhecido". Na publicação, os azuis e brancos garantem que Luís Godinho "interferiu claramente com a verdade desportiva".

No Dragões Diário, voltou a falar-se sobre o facto de ficarem por marcar penáltis a favor do FC Porto e a percentagem de erros em prejuízo dos dragões. O FC Porto aponta ainda o dedo ao presidente da APAF, Luciano Gonçalves.

O clube fica à espera de esclarecimentos públicos das autoridades da arbitragem "sobre esta pouca vergonha".

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras