sicnot

Perfil

Desporto

Paulo Gonçalves desce para terceiro da geral do Dakar 2017

© POOL New / Reuters

Paulo Gonçalves terminou esta quarta-feira em quinto lugar a terceira etapa do rali de todo-o-terreno Dakar2017, descendo um lugar na geral, para terceiro, a quase 15 minutos do espanhol Joan Barreda, novo líder nas motas.

Barreda, piloto da Honda, tal como o português, foi o grande vencedor da ligação entre San Miguel de Tucumán e Jujuy, na Argentina, com 780 quilómetros, dos quais 364 cronometrados, e arrebatou a liderança ao australiano Toby Price (KTM), que hoje cedeu perto de 23 minutos.

Gonçalves não comprometeu as suas aspirações de chegar ao pódio - foi o segundo da Honda na etapa - mas perdeu um lugar no pódio, já que ultrapassou Price mas foi, por outro lado, superado por Barreda e ainda Sam Sunderland (KTM), segundo no dia e segundo na geral também.

Barreda 'arrasou' a concorrência na primeira parte da etapa, de 240 quilómetros, conseguindo logo aí uma vantagem considerável sobre todos. Geriu bem a segunda parte da tirada, corrida sob chuva, para ganhar em 4:22.41 horas, menos 12.29 que Sunderland.

Paulo Gonçalves perdeu 17.20 minutos e Price 22.51, no que foi uma jornada para esquecer para o vencedor de 2016.

Com este resultado, Barreda comanda a geral com 7:35.30 horas, seguido por Sunderland, a 11.20, e Paulo Gonçalves, a 14.42. Price é quinto, a 17.19.

O estreante Joaquim Rodrigues (Hero Speedbrain), 22.º na véspera, confirma-se como o segundo melhor português em prova: foi 18.º na etapa, o que lhe permitiu ascender ao 19.º lugar, na contabilização geral, a 44.49 de Barreda.

Quanto a Hélder Rodrigues (Yamaha) continua longe do nível já alcançado (foi quinto em 2016), após ter sido 24.º no dia. Ainda assim, subiu seis posições, para 25.º, mas já a 1:01.46 do primeiro classificado.

Além da chuva, na parte final, os pilotos tiveram de contar, no plano das dificuldades, com a altitude, com grande parte da etapa acima dos 3.000 metros (incluindo o pico mais alto do rali, a 4.960) e com a passagem de cursos de água.

Quinta-feira disputa-se a terceira etapa e o Dakar2017 chega à Bolívia. Após 521 quilómetros (426 cronometrados) desde a partida de San Salvador de Jujuy, os concorrentes chegam a Tupiza.

As dunas e a altitude - quase sempre acima dos 3.500 metros do nível do mar - podem 'complicar' a vida aos menos experientes.

Lusa

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52