sicnot

Perfil

Desporto

Riyad Mahrez eleito melhor futebolista africano de 2016

O argelino Riyad Mahrez foi esta quinta-feira eleito melhor futebolista africano de 2016, distinção que premeia a brilhante época de 2015/16 que protagonizou ao serviço do Leicester, inesperado campeão de Inglaterra.

O médio ofensivo de 25 anos superou o gabonês Pierre-Emerick Aubameyang, incontornável goleador dos alemães do Borussia Dortmund, vencedor do prémio no ano anterior, e do avançado senegalês Sadio Mane, do Liverpool.

Quase 30 anos depois, a Argélia consegue conquistar uma terceira Bola de Ouro africana depois de Lakhdar Belloumi, em 1981, e de Rabah Madjer, em 1987, autor do célebre toque de calcanhar que nesse ano abriu o caminho à reviravolta no marcador na final da Taça dos Campeões Europeus conquistada pelo FC Porto na final frente ao Bayern Munique.

Com 17 golos marcados na I Liga inglesa, Mahrez foi um das 'pedras nucleares' do Leicester, que conquistou o título contra todas as previsões e superando as grandes equipas e crónicos candidatos.

De resto, os seus pares na Premier League fizeram-lhe justiça ao elegê-lo o melhor jogador de um dos campeonatos mais duros e competitivos da Europa e o seu desempenho permitiu que se tornasse em 2016 o primeiro argelino a integrar o 'top 10' da Bola de Ouro, ao ficar em sétimo lugar, à frente de Aubameyang, 11.º.

Em relação ao prémio de melhor jogador africano do ano, Mahrez foi eleito após uma votação em que participaram treinadores das seleções que integram as associações filiadas na Confederação Africana de Futebol (CAF) e especialistas de futebol e de comunicação social.

Lusa

  • Marcelo não comenta proposta sobre nomeação do governador do BdP
    0:14

    Economia

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar a proposta do grupo de trabalho para a reforma da supervisão financeira, que recomenda que o governador do Banco de Portugal seja nomeado pelo Presidente da República. Marcelo não quis comentar o assunto esta quarta-feira durante a tomada de posse do Reitor da Universidade de Lisboa.

  • Habitantes da favela da Rocinha temem novo episódio violento
    2:54

    Mundo

    Localizada no Rio de Janeiro, a Rocinha, maior favela do Brasil, foi palco de um tiroteio entre traficantes, no último fim de semana. Agora, pelo terceiro dia consecutivo, a polícia do Rio de Janeiro está a fazer um cerco em algumas favelas cariocas à procura de traficantes. A comunidade está assustada e receia que episódios violentos como este se repitam.