sicnot

Perfil

Desporto

Vencedor do Dakar 2010 abandona prova depois de acidente

Reuters

© Eric Gaillard / Reuters

O espanhol Carlos Sainz, vencedor em 2010, desistiu do rali de todo-o-terreno Dakar, depois de um acidente na quarta etapa ter danificado o seu Peugeot, anunciou esta sexta-feira a sua equipa.

O espanhol, que era um dos candidatos ao triunfo final, caiu numa ravina a cerca de cinco quilómetros da meta da tirada, que ligou San Salvador de Jujuy (Argentina) e Tupiza (Bolívia), e ainda regressou ao "bivouac", mas a equipa não teve tempo para recuperar o carro para o arranque da etapa de hoje.

"Estou obviamente desiludido com este abandono. Nós estávamos com um ritmo muito bom depois do início do rali", lamentou Sainz, campeão do mundo de ralis em 1990 e 1992.

Carlos Sainz, que ocupava a terceira posição, é o segundo candidato ao triunfo final a ser obrigado a abandonar, depois de Nasser Al-Attiyah (Toyota), do Qatar.

Lusa

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Ciclista Peter Sagan tricampeão do mundo

    Desporto

    O eslovaco Peter Sagan deixou este domingo mais uma marca na história do ciclismo, ao sagrar-se campeão do mundo de fundo pela terceira vez consecutiva, uma proeza inédita para norueguês ver e lamentar.