sicnot

Perfil

Desporto

Presidente da República felicita e enaltece recorde mundial de Inês Henriques

© Damir Sagolj / Reuters

O Presidente da República enalteceu esta terça-feira o feito da atleta Inês Henriques, que no domingo estabeleceu o recorde do mundo de 50 quilómetros marcha, que "coloca a Bandeira Nacional no topo de mais uma tabela".

Numa nota publicada no sítio da Presidência, Marcelo Rebelo de Sousa considera que o recorde mundial de Inês Henriques, que fixou a marca em 4:08.25 horas, durante os Nacionais de estrada, em Porto de Mós, "muito orgulha todos os seus compatriotas".

A melhor marca mundial nos 50 km marcha registada anteriormente datava de 2007 e pertencia à sueca Monica Svensson, com 4:10.59 horas, mas não era reconhecida como recorde, uma vez que a distância não era oficial no setor feminino.

A atleta do Clube de Natação de Rio Maior, atual campeã nacional dos 20 km marcha, foi assim a vencedora do primeiro Nacional de 50 km para mulheres, depois de ter sido também a mais rápida na passagem aos 35 km, com 2:50.09 horas.

Lusa

  • Tribunal de Contas apresentou reservas em relação ao SIRESP em 2006

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O Tribunal de Contas avisou em 2006 que o Estado poderia sair prejudicado nos moldes em que o Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) estava a ser desenhado. De acordo com a edição de hoje do Jornal de Notícias, terão sido a ausência de um concurso público, a falta de tempo para a apresentação de propostas e mexidas no caderno de encargos a motivar as reservas do tribunal.

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Chef russo aconselha bife tártaro aos jogadores portugueses
    1:29
  • Bispo do Mali terá contas na Suíça com 12 M€
    1:49

    Mundo

    Há uma polémica a envolver um novo cardeal da Igreja católica. Um bispo do Mali, escolhido pelo Papa para o colégio cardinalício, está a ser relacionado com contas na Suíça onde estarão depositados milhões de euros. A cerimónia que o fará cardeal está marcada para hoje.

  • Confirmada prisão dos portugueses que gravaram nome no portão de Auschwitz

    Mundo

    Dois adolescentes católicos portugueses foram condenados a um ano de prisão com pena suspensa, por terem gravado os nomes na porta da entrada principal de Auschwitz-Birkenau. O tribunal de primeira instância de Oswiecim já tinha condenado os jovens e o tribunal de Cracóvia confirmou esta quarta-feira a pena aplicada.