sicnot

Perfil

Desporto

Treinador do Liverpool surpreendido por equipa da 4ª divisão inglesa

O Plymouth Argyle, equipa do quarto escalão do futebol inglês, decidiu surpreender e esclarecer o treinador do Liverpool, o alemão Jurgen Klopp, antes do duelo entre as duas equipas para a Taça de Inglaterra. Tudo porque Klopp disse que não sabia em que zona do Reino Unido ficava Plymouth. A resposta foi elucidativa e quiçá saborosa.

Os responsáveis do Plymouth Argyle decidiram preparar uma tarte tradicional da região, em formato gigante. Mas o objetivo não terá sido apenas o de satisfazer as necessidades alimentares do treinador alemão.

No topo da tarte, pode ler-se, em letras garrafais, a distância geográfica entre Plymouth e Liverpool: 293 milhas (cerca de 471 quilómetros).

FACUNDO ARRIZABALAGA

FACUNDO ARRIZABALAGA

Uma forma original de informar, que poderá ser comida por Klopp e pelos seus pupilos para celebrar a passagem dos 'reds' aos 16 avos de final da Taça de Inglaterra ou para confortar a equipa de Liverpool depois de uma eliminação precoce da competição.

A reação de Klopp à surpresa.

A reação de Klopp à surpresa.

FACUNDO ARRIZABALAGA

As duas equipas defrontam-se hoje pela segunda vez para desempatar a eliminatória, depois do empate sem golos registado em Anfield Road.

O Plymouth Argyle milita atualmente na League Two, o quarto escalão do futebol inglês. Ocupa o 2º lugar, a quatro pontos da liderança, e luta assumidamente pela subida à League One.

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.