sicnot

Perfil

Desporto

Jesus na Comissão de Honra da recandidatura de Bruno de Carvalho

MANUEL DE ALMEIDA

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, anunciou esta sexta-feira que o treinador Jorge Jesus vai integrar a Comissão de Honra da sua recandidatura a novo mandato.

"Tenho o privilégio e o orgulho de poder contar na minha Comissão de Honra com o treinador Jorge Jesus", escreveu Bruno de Carvalho na sua página no Facebook.

Além de Jorge Jesus, o líder do clube de Alvalade também contará na Comissão de Honra com o internacional português Nani, "jogador de referência da formação", e o antigo futebolista francês Eric Cantona, antiga estrela do Manchester United.

Bruno de Carvalho, presidente do clube desde 2013, e Pedro Madeira Rodrigues são, até ao momento, os candidatos anunciados à liderança do emblema "leonino", para as eleições agendadas para 04 de março.

Há quase quatro anos, Bruno de Carvalho venceu as eleições com 53,36% dos votos, impondo-se a José Couceiro, que obteve 45,35% e a Carlos Severino, que conseguiu 1,02%.

Lusa

  • Bruno de Carvalho, "triste, desolado", anuncia "emagrecimento" do plantel

    Desporto

    O presidente do Sporting revelou hoje que "o plantel sofrerá um emagrecimento neste mercado de inverno". Na manhã seguinte à eliminação da Taça de Portugal, Bruno de Carvalho escreveu no Facebook. Desiludido, triste e desolado, acrescenta que "estados de alma não são compatíveis nem se podem confundir com as funções que assumiu".

  • Sporting vive momento de turbulência
    2:17

    Desporto

    É num ambiente tenso que o Sporting volta a jogar em Chaves, para discutir a continuidade na Taça de Portugal, depois do empate de sábado. A contestação dos adeptos voltou a fazer-se ouvir, Bruno de Carvalho foi ao balnéario mostrar insatisfação aos jogadores e reuniu-se com Jorge Jesus para analisar o momento da equipa.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, até ao final de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano vão ser contratados novos assistentes de bordo, mas o sindicato diz que não chega.