sicnot

Perfil

Desporto

Treinador do Nápoles critica "absurdo" de Taça das Nações Africanas em janeiro

© Ciro Luca / Reuters

O treinador do Nápoles, Maurizio Sarri, considerou esta sexta-feira "um absurdo" a realização da Taça das Nações Africanas (CAN) de futebol em janeiro, competição que privou o clube de três jogadores.

"Em minha opinião é um absurdo que a Taça das Nações Africanas decorra em janeiro. Fomos privados de três jogadores em consequência desta competição, é uma monstruosidade", disse, em conferência de imprensa.

Em terceiro na Liga italiana, o Nápoles enfrenta no sábado em San Siro o AC Milan sem poder contar com três jogadores ausentes na CAN: o defesa central senegalês Kalidou Koulibaly, o lateral esquerdo argelino Faouzi Ghoulam e o atacante marroquino Omar El Kaddouri.

Lusa