sicnot

Perfil

Desporto

Vítor Pereira defende que o campeonato português "está em aberto"

PANAGIOTIS MOSCHANDREOU

O treinador Vítor Pereira iniciou este mês a sua aventura no 1860 Munique, mas continua atento ao futebol português e garante que a luta pelo título "está em aberto" entre Benfica, FC Porto e Sporting.

Em entrevista à agência Lusa, o técnico português reconhece a vantagem de quatro pontos do Benfica ao fim de 17 jornadas disputadas, embora considere que "não é significativa" face à pressão dos "dragões".

"O campeonato ainda está em aberto. Apesar de o Benfica estar melhor e ir na frente tem só quatro pontos de diferença para o FC Porto. E quatro pontos, para mim, não são significativos. Se o Benfica consegue descolar mais uns pontos, aí sim já fica difícil de recuperar. Neste momento está o campeonato em aberto", adianta.

Vítor Pereira aprofunda a sua análise e reflete sobre o atual momento dos rivais dos "encarnados", dizendo que "o FC Porto está a tentar colocar pressão no Benfica e o Sporting passou um momento em que se deixou abalar pela saída da Liga dos Campeões, da Taça da Liga e da Taça de Portugal".

"Tudo isto são sismos que, do ponto de vista psicológico, abalam um bocadinho e criam desconfiança", afirmou.

Desde que o treinador português, de 48 anos, deixou o emblema azul e branco em 2013, após um bi-campeonato sob o seu comando, o FC Porto nunca mais alcançou o título nacional. Questionado se o seu valor só agora é reconhecido pelos portistas, Vítor Pereira lembra que a ideia de qualquer treinador ser campeão no FC Porto "é um mito".

"O FC Porto habituou-se mal, foi ganhando e os adeptos são muito exigentes. Pensavam que se ganha com toda a gente, que o Porto ganhava com qualquer treinador mas isso é mito. É mentira. Um treinador que chegue ao Porto tem de ter uma ideia de jogo forte, tem de saber implementá-la, tem de saber lidar com a pressão. Não é para qualquer um", sublinha.

Todavia, Vítor Pereira garante já ter virado a página sobre o FC Porto e aponta a outros horizontes para o seu futuro: "Quero ir para a Bundesliga e quero ir para a Premier League. Portanto, é aí que eu estou focado."

Depois do seu bi-campeonato nos dois primeiros anos num "grande", Vítor Pereira pode ver a sua proeza repetida por Rui Vitória no Benfica.

mbora diferencie os percursos, o técnico do 1860 Munique ressalva que ambos têm em comum um trajeto desde as divisões inferiores.

"O Rui Vitória é o Rui Vitória e o Vítor Pereira é o Vítor Pereira. O Rui tem as ideias dele, também tem este trajeto de quem vem de baixo e, normalmente, quem vai de baixo e vai experimentando coisas, quando a oportunidade surge está preparado. E ele está a provar que se preparou bem para um clube grande como o Benfica", sentencia.

O 1860 Munique, de Vítor Pereira, encerra o estágio esta sexta-feira e regressa à Alemanha, onde irá iniciar a segunda volta da II Liga alemã no dia 27, frente ao Greuther Furth.

Lusa

  • Google anuncia alterações para combater notícias falsas

    Mundo

    A Google vai utilizar as observações dos utilizadores e de avaliadores sobre os resultados das pesquisas para introduzir "melhorias" no seu algoritmo e combater o fenómeno das notícias falsas, anunciou a empresa no seu blogue corporativo.

  • As diferentes faces de Maria
    4:45

    Mundo

    Qual é a imagem de Nossa Senhora que vem à sua mente quando o nome da Virgem católica é mencionado? Uma exposição numa cidade do interior do Brasil mostra que a Mãe de Jesus pode ter várias faces.

    Correspondente SIC