sicnot

Perfil

Desporto

Murray afastado do Open da Austrália por Mischa Zverev, 50º do ranking mundial de ténis

© Edgar Su / Reuters

O britânico Andy Murray, líder do 'ranking' mundial de ténis, foi hoje eliminado nos oitavos de final do Open da Austrália, ao perder frente ao alemão Mischa Zverev, 50.º da hierarquia, pelos parciais 7-5, 5-7, 6-2 e 6-4.

O primeiro Grand Slam do ano ficou sem os seus dois primeiros cabeças de série, depois de o sérvio Novak Djokovic, segundo do mundo e detentor do título australiano, ter sido afastado do torneio pelo uzbeque Denis Istomin.

Esta foi a primeira vez, desde a edição de 2014 de Roland Garros, que os dois primeiros do circuito perdem antes dos quartos de final num "major".

Murray, cinco vezes finalista em Melbourne, foi surpreendido pelo jogo ultra ofensivo e espetacular de Mischa Zverer, num embate que durou três horas e 34 minutos.

O alemão de origem russa e irmão mais velho de Alexander Zverev, um dos tenistas mais promissores do circuito, vai estrear-se nos quartos de final de um Grand Slam, frente ao suíço Roger Federer ou ao japonês Kei Nishikori.

Lusa

  • Portugal vai fechar fronteiras durante a visita do Papa

    País

    O Conselho de Ministros aprovou hoje a reposição temporária do controlo de fronteiras durante a visita do papa Francisco em maio a Fátima. A reposição do controlo de fronteiras decorrerá entre 00:00 de 10 de maio e as 00:00 de 14 de maio.

  • "Civis devem ser prioridade absoluta no Iraque", diz Guterres

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, chegou hoje ao Iraque para abordar a situação da ajuda humanitária, e pediu que a proteção dos civis seja a "prioridade absoluta" à medida que as forças iraquianas batalham para retomar Mossul.

  • Fomos conhecer o novo Samsung S8
    1:42
  • E depois do Brexit?
    3:42
  • Britânicos a viver no Algarve falam em desilusão
    2:32

    Brexit

    Para muitos dos britânicos que vivem no Algarve, o Brexit é a confirmação de que o resultado surpreendente do referendo não tem retorno. Certificados de residência e até a dupla nacionalidade são questões que a partir de agora passam a estar em cima da mesa.