sicnot

Perfil

Desporto

Darmstadt rescinde contrato com Ben-Hatira por ligações a organização islâmica

© Kai Pfaffenbach / Reuters

O clube alemão Darmstadt anunciou esta quarta-feira ter rescindido contrato com o futebolista internacional tunisino Anis Ben-Hatira devido a ligações com a organização islâmica Ansaar International.

O médio, de 28 anos, desenvolve trabalho humanitário com a organização, que está sob vigilância dos serviços secretos alemães por ligações à comunidade ortodoxa islâmica salafista.

O jogador, que se queixou de ser alvo de uma "campanha de difamação", reuniu-se esta quarta-feitacom o clube, que rescindiu o contrato com efeitos imediatos.

"O Darmstadt vê o trabalho humanitário privado que Ben-Hatira faz com a organização como errado", disse o presidente do clube, Ruediger Fritsch, que realçou, no entanto, o comportamento "impecável e exemplar" de Ben-Hatira no clube.

A 21 de janeiro, durante o empate caseiro com o Borussia Moenchengladbach, alguns adeptos do lanterna-vermelha do campeonato alemão entregaram panfletos a exigir a saída do jogador. O jogador queixou-se de uma tentativa de "sabotagem" da carreira, mas garantiu que vai continuar o trabalho humanitário através de uma fundação em nome próprio.

"Qualquer pessoa que olhe para o meu currículo e para os meus compromissos percebe que sou uma pessoa socialmente envolvida e que luta por tratamento igual entre pessoas de cor de pele, etnia ou fés diferentes", escreveu o atleta, numa carta aberta publicada a 22 de janeiro na rede social Facebook.

Antes do Darmstadt, para onde se transferiu no verão e que representou em 11 ocasiões, Ben-Hatira representou o Eintracht Frankfurt, o Hertha de Berlim, o Duisburgo e o Hamburgo.

Lusa

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • Sociedade de Pneumologia recomenda cuidados com calor e incêndios

    País

    A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) alertou esta quarta-feira para os riscos respiratórios decorrentes dos incêndios e temperaturas elevadas, sobretudo para quem sofre de doenças crónicas, propondo medidas preventivas e recordando o aumento de mortalidade associado ao calor.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14
  • Mulher vive sozinha numa ilha há 40 anos

    Mundo

    Zoe Lucas é a única pessoa a viver numa ilha canadiana, no norte do Atlântico. Nas últimas quatro décadas, a mulher de 67 tem partilhado a ilha Sable com cerca de 400 cavalos selvagens e 350 espécies de pássaros.